Correio dos Campos

Idosa de 81 anos recebe vacinas contra a Covid-19 de fabricantes diferentes, em Ponta Grossa

Filho dela disse que se precipitou no momento de agendar a segunda aplicação da mãe, mas que não foi feita uma checagem por parte da equipe de vacinação. Prefeitura reportou o caso para a Sesa.
13 de Maio de 2021 às 14:06
Idosa de 81 anos recebeu duas doses de fabricantes diferentes em Ponta Grossa. (Foto: Reprodução/RPC)

Uma idosa de 81 anos foi vacinada contra a Covid-19 com doses de fabricantes diferentes, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, segundo a família dela.

Segundo o filho de Tereza de Jesus, Evaldo Andrade dos Santos, a mãe dele tomou a primeira dose da vacina da Astrazeneca no começo de março. Depois, no final do mês, recebeu uma dose da Coronavac.

A vacinação em Ponta Grossa acontece por agendamento. Evaldo disse que fez confusão no momento que marcou a segunda aplicação, mas que não houve conferência da carteira de vacinação da idosa no local da vacinação.

“Acabei me antecipando com a questão da vacina. Fiz o agendamento, tentei cancelar depois que percebi que não deveria ser a Coronavac, mas quando ela chegou lá não teve uma segunda verificação”, disse Evaldo.

O filho da idosa disse que está preocupado sobre a imunização da mãe, que não completou a vacinação com nenhuma das doses.

A recomendação é que pessoas vacinadas com o imunizante da Astrazeneca recebam a segunda dose 90 dias depois da primeira aplicação com uma vacina da mesma fabricante. No caso da Coronavac, a recomendação é que as aplicações aconteçam em um intervalo de 21 a 28 dias.

O que diz a prefeitura

A Secretaria de Municipal de Saúde informou que o caso foi repassado para a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) e aguarda uma orientação para saber como proceder com a imunização da idosa. Todos os casos deste tipo devem ser reportados à secretaria estadual.

A prefeitura reforçou que a informação sobre a fabricante deve ser informada pela pessoa no momento do agendamento para a imunização, e que todos devem ficar atentos a isso para que não haja erros.

A administração municipal disse, também, que as equipes que fazem a aplicação da vacina também são orientadas a checar atentamente a carteirinha de vacinação.

Fonte: G1