Correio dos Campos

Polícia Civil responsabiliza dono por ataque de pitbulls que causaram morte de cão de estimação

10 de Maio de 2021 às 15:39
(Fotos: Divulgação/PC)

Por Pedro Dalcol Filho – Por omissão de cautela na guarda de dois cães da raça pitbull, um morador de Ponta Grossa foi autuado depois que os seus animais atacaram e mataram o cão de um de seus vizinhos.

O levantamento realizado pela Polícia Civil, que esteve no local, apontou que o canil onde estavam os animais era inadequado para manter os cães do porte dos pitbulls.

As investigações apuraram ainda que apenas uma tela separava o canil e a propriedade do vizinho, e que a estrutura era fraca e estava mal fixada. Com a força feita pelos cães a tela cedeu, facilitando que os pittbuls capturassem o cão do vizinho.

O fato revoltou os moradores da região do bairro Olarias. Eles disseram que essa não foi a primeira vez que os animais ofereceram risco a outros animais e à população do bairro, inclusive indicando que um desses animais fugiu e atacou outro cão que transitava na rua com o seu tutor.

Diante dos fatos apurados, o proprietário foi responsabilizado criminalmente pela contravenção penal de omissão de cautela na guarda de animal perigoso, com pena que pode chegar a dois meses de prisão.

Alerta

A polícia alerta que o dono do cão é responsável por qualquer dano ou lesão causados pelo animal, tanto na esfera criminal quanto na cível.

Além disso, reforça a importância do cumprimento das medidas de segurança que devem ser tomadas pelos donos de cães de raças consideradas perigosas enquanto transitam em locais públicos.

É imprescindível o uso de equipamento de segurança conhecido como focinheira, coleira e guia, desde que estes sejam adequados e não machuquem os animais, de forma a garantir a segurança das pessoas.

O descumprimento dessas normas pode gerar sanções, a exemplo de desde multa e até mesmo apreensão do animal.