Correio dos Campos

Projeto social que recupera autoestima com atividade física inicia nova turma em janeiro

Programa criado pela fisiculturista Andreia Tokutake ajuda pessoas a perderem peso e entrarem em forma, gratuitamente, com participação de equipe multidisciplinar
8 de janeiro de 2021 às 17:59
(Foto: arquivo pessoal)

COM ASSESSORIAS – Foi com o pensamento “se eu posso, você pode mais” que a vice-campeã Sul-Americana Wellness 2019 e fisiculturista, Andreia Tokutake, criou o projeto Você Pode Mais. A ideia surgiu após encontrar no esporte a ajuda que precisava para superar a depressão aos 40 anos de idade, tornando-se exemplo para pessoas que querem mudar de vida com auxílio de atividades físicas. O projeto encerrou mais uma turma no fim de dezembro e, em janeiro, uma nova turma, com quatro participantes, já começa com tudo o ano de 2021.

Andreia sofreu com a depressão em 2017, e foi quando decidiu se jogar de cabeça nos treinos, assim se tornando uma atleta. “Às vezes, a gente acha que nada tem mais jeito, que, por conta da idade, é ‘tarde’ para iniciar qualquer coisa. E não é! Há três anos a minha vida mudou com o esporBte, e eu quero ajudar outras pessoas a terem essa mudança também”, confessa a atleta.

O projeto conta com uma equipe multidisciplinar, com o nutricionista do Super Dr. Saúde Integrada, João Vitor Scudalerk, e com as personal trainers Bruna Rafaella da Silva e Mariane Menon. Os profissionais acompanham o grupo de participantes por um período de três meses. Todos trabalham voluntariamente no cuidado dos participantes, que não têm custo nenhum para fazer parte do projeto. “A única coisa que digo que eles precisam ter é força de vontade e persistência. No começo, desanima ter uma nova dieta, uma rotina de treinos, mas quem está focado consegue resultados incríveis, não só fisicamente, mas também emocionalmente”, observa Andrea. Todo o trabalho é voluntário.

A atleta conta ainda que se envolveu no projeto muito mais do que se imagina. “Eu acabo criando um vínculo, pois várias vezes encontro com eles na academia e a gente treina junto, conversamos. Quando encerrei essa etapa, foi um festival de choro, choraram eles e eu junto. Ver a mudança na autoestima das pessoas me motiva a querer fazer sempre mais para esse projeto”, conta emocionada a fisiculturista.

Como se inscrever

A primeira edição 2021 do projeto acontece na cidade de Ponta Grossa (PR). Por demandar atendimento personalizado, serão abertas quatro vagas. As inscrições devem ser feitas por mensagem direta no Instagram @andreiatokutake_ ou [email protected] Os interessados devem contar sua história, explicando por que querem participar.