Correio dos Campos

Enfermaria do Hospital Regional de Ponta Grossa para Covid-19 fica lotada após redução de 6 leitos

De acordo com a instituição, leitos foram desativados para o atendimento de cirurgias eletivas, que foram retomadas. Mais três vagas devem ser remanejadas.
17 de novembro de 2020 às 14:50
(foto: UEPG/Divulgação)

A enfermaria reservada para tratamento da Covid-19 do Hospital Regional Universitário de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, ficou lotada nesta segunda-feira (16) após a redução de seis leitos na ala.

A instituição informou que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) autorizou a redação de nove leitos clínicos para o atendimento de cirurgias eletivas. Sendo assim, outros três leitos ainda devem ser desativados.

De acordo com boletim divulgado pelo hospital no fim da tarde desta segunda-feira, 28 pessoas estão internadas na enfermaria de Covid-19 da instituição.

Outros 20 pacientes estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservada para a doença, sendo que há 30 vagas para esta ala.

O Hospital Regional de Ponta Grossa é referência para o tratamento da Covid-19 na região dos Campos Gerais do Paraná.

De acordo com a instituição, nenhum paciente deixará de ser atendido e o hospital pode reabrir as vagas caso haja necessidade.

Por meio de nota, a Sesa afirmou que a desativação de leitos foi um pedido do Hospital Regional de Ponta Grossa para o atendimento de cirurgias eletivas e regularização de fluxo interno.

Coronavírus no Paraná

O Paraná tem 238.291 casos confirmados e 5.677 o número de mortes causadas pela Covid-19, de acordo com boletim da Sesa publicado nesta segunda.

Em Ponta Grossa, a Sesa registra 6.868 diagnósticos e 159 óbitos provocados pela doença.

Fonte: G1