Correio dos Campos

Diretoras e pedagogas da SME compartilham suas boas práticas

28 de Maio de 2019 às 15:39

IMPRENSA/Ponta Grossa – Em encontro de profissionais realizado nesta terça, diretoras e coordenadoras pedagógicas trocaram boas ideias de gestão escolar para melhorar a aprendizagem dos alunos

Em um trabalho para a formação continuada dos profissionais da Educação, a Secretaria Municipal realizou nesta terça-feira (28) o projeto Compartilhando Práticas e Saberes da Gestão Escolar. Nele, diretoras e coordenadoras pedagógicas das 145 Escolas e CMEIs foram reunidas em quatro unidades para conhecer e compartilhar práticas de sucesso. O objetivo é aprimorar a gestão financeira, administrativa e pedagógica das unidades, tendo em vista a melhoria do aprendizado dos alunos da nossa Rede.

Os diretores conheceram as práticas da Escola Professor Zair Santos Nascimento e do CMEI Professora Sophia Adamowicz, no Los Angeles, e da Escola Professora Agenoridas Stadler e CMEI Professor Antonio Nunes Cottar,no Cará-Cará. A ideia é incentivar as gestoras a reproduzir, dentro de sua realidade, projetos transformadores e que alcançam o padrão buscado pela SME.

Izolde Hilgemberg, coordenadora do Ensino Fundamental da SME, relata que o encontro permite conhecer estratégias de gestão, soluções para problemas comuns como o excesso de faltas dos alunos e trabalho com os professores. “Elas compartilham tudo o que realizam. Se as outras têm dificuldades semelhantes em alguma área, usam a experiência das colegas como espelho, adaptando à sua realidade. O objetivo final de tudo isso é formar os nossos professores para que, a partir daí, tenhamos um grande aprendizado dos alunos. No final, é isso o que importa, que a nossa Rede seja uma Rede de Ensino de sucesso no aprendizado dos nossos alunos”, anota Izolde.

Raquel Mendes dos Santos, diretora do CMEI Antônio Cottar, recepcionou as colegas. Ela contou sua experiência positiva. A gestora credita a melhora da autoestima e oralidade dos alunos do CMEI à maior participação dos pais. “Um bom resultado que tivemos foi a partir do momento em que abrimos o espaço para os pais. Eles têm a oportunidade de entrar, conhecem os professores, conhecem as salas, os espaços e trabalhos que foram construídos com as crianças. Com isso também conseguimos com que 99% dos pais tenham maior vida ativa com o CMEI, ajudando com trabalhos voluntários. Percebi como um grande avanço”, narra a gestora.

Para a assessora pedagógica do CMEI Antonio Nunes Cottar, Sandra Maria de Moura Ribas Felipe, uma gestão bem organizada administrativamente é capaz de melhorar os resultados da unidade. “É preciso que a diretora e a pedagoga trabalhem juntas pelos mesmos objetivos. A gestão oferece as condições para que o trabalho pedagógico possa ser bem desenvolvido. Quando bem organizada administrativamente, a gestão dá todo o suporte para que as políticas públicas colocadas pela SME possam se efetivar dentro do CMEI, para que as questões pedagógicas e de aprendizagem ocorram junto às crianças de uma forma mais efetiva”, aponta ela.

Solange Cristina Rodrigues Neles, diretora do CMEI Professora Fabiana Hernandez Barbosa, no Ouro Verde, acredita que a atividade é um apoio para o crescimento profissional. “Enquanto elas falam, nós ficamos imaginando o nosso caso. O meu CMEI tem uma outra realidade, um outro formato de espaço. Mas nada impede que nós levemos as ideias aplicadas para o nosso, para enriquecer o trabalho que fazemos na outra unidade”, opina a diretora.