Correio dos Campos

Secretaria de Educação homenageia profissionais pelo Dia do Pedagogo

Pedagogos que desempenham sua profissão nos CMEIs e Escolas Municipais foram homenageados pela SME nesta sexta-feira.
18 de Maio de 2018 às 17:32

IMPRENSA/Ponta Grossa – A Secretaria de Educação (SME) homenageou nesta sexta-feira todos os pedagogos da Rede Municipal de Ensino pelo Dia do Pedagogo, comemorado em 20 de Maio. A homenagem foi realizada no Auditório Municipal Eunice Miró Guimarães, na Vila Coronel Cláudio, com a presença de todas as coordenadoras pedagógicas dos CMEIs e Escolas de Ponta Grossa e que e desempenham a função de pedagogo no Município.

Atualmente, além das coordenadoras e assessoras pedagógicas, praticamente 100% de todas as professoras e professores do Município também possuem a formação em Pedagogia – são mais de 3 mil profissionais. O encontro também serviu como reunião de trabalho, para que fossem alinhados os compromissos pela evolução permanente da Educação no Município, levando em conta a aprendizagem das crianças. As pedagogas receberam rosas e uma apresentação artística em homenagem.

Para a secretária de Educação, Esméria Saveli, “As pedagogas e pedagogos que trabalham em nossas escolas realizam um trabalho fundamental, que é também lindo e desafiador. Eles acompanham diariamente a vida escolar, tendo como objetivo a aprendizagem dos nossos alunos, junto com as professoras e diretora, para que todo o investimento realizado e o planejamento pedagógico seja concretizado com sucesso, o que se realiza no aprendizado da criança”, aponta Esméria Saveli.

A pedagoga Joselaine Aparecida Hass, da Escola Municipal Maria Coutin Resemberg, no Jardim Ponta-grossense, foi uma das profissionais presentes. Segundo ela, a profissão apresenta diversos desafios. “Hoje os desafios da nossa profissão estão totalmente ligados aos desafios da sociedade: formar crianças com pensamento crítico, que pensem no seu dia a dia e estejam engajadas com o seu desenvolvimento e com o seu aprender e, neste processo, trazer as famílias, para que olhem para as crianças e tenham em vista a garantia de seus direitos”, acredita Joselaine.