Correio dos Campos

Operário sofre derrota fora de casa na Taça FPF

27 de agosto de 2017 às 15:24

O Operário Ferroviário perdeu para o Foz do Iguaçu, na tarde desse sábado (26), pela sexta rodada da primeira fase da Taça Federação Paranaense de Futebol (FPF) Sub-23. O jogo aconteceu no Estádio do ABC e terminou 2 a 0. Com o resultado, o alvinegro está na nona colocação, com três pontos em três jogos.

No primeiro tempo, o Foz conseguiu chegar mais ao ataque, enquanto o Fantasma teve as melhores oportunidades em bola parada. Aos 32 minutos, a arbitragem marcou pênalti cometido por Lucão e Gian Luca converteu para o time da casa.

O alvinegro melhorou na segunda etapa e criou boas chances de gol, porém, teve dificuldades nas finalizações. Pouco antes do fim da partida, Cristian cometeu falta dura e recebeu cartão vermelho. O Foz aproveitou a vantagem e, em uma falha da defesa aos 48 minutos, Kady ampliou para o time da casa.

O Operário iniciou a partida com Matheus, Paulo Henrique, Lucão, Wembley, Thalles, Alexandre, Erick, Murilo, Cristian, Glenisson e Diego. No segundo tempo, entraram Fred Saraiva e Juninho nos lugares de Diego e Thalles.

Em entrevista, o técnico Joel Preisner avaliou a atuação da equipe. “Começamos mal no jogo, também por conta do calor e do desgaste da viagem. Fizemos um primeiro tempo razoável e sofremos um gol de pênalti que na verdade foi fora da área. Conversamos no intervalo, arrumamos, colocamos um jogador de velocidade e criamos quatro oportunidades reais de gol para empatar ou até virar a partida. Tivemos um volume bem maior de jogo no segundo tempo, mas a expulsão prejudicou o time e eles acabaram fazendo o segundo. Agora vamos trabalhar para a próxima partida”.

O Fantasma volta a jogar pela competição na quinta-feira (31) contra o Maringá, às 20h15, no Estádio Regional Willie Davids.

FICHA TÉCNICA

Foz do Iguaçu 2×0 Operário
Taça FPF Sub-23 – Primeira fase – 6ª rodada
Estádio do ABC – 26/08/17 – 19h

Operário: Matheus, Paulo Henrique, Lucão, Wembley, Thalles (Juninho), Alexandre, Erick, Murilo, Cristian, Glenisson e Diego (Fred Saraiva). Téc: Joel Preisner
Banco: Fabrício, Pedro Augusto e João Vitor.

Foz do Iguaçu: Jean, Lucas Garcia, Bruno Van Dal, Erwin, Luis Felipe, Junior, Eder Wilson, Fabrício (Kady), Alan James (Guilherme), Judson (Coppetti) e Gian Luca. Téc: Allan Aal
Banco: Glauber, Wesley, Léo Griggio, Vinicius e Felipe Dedinho.

Gols: Gian Luca (1T 34’) e Kady (2T 48’) (Foz do Iguaçu)

Árbitro: Marcos Cesar Blank
Assistente 1: Jhonathan Edson Krupiniski
Assistente 2: Gustavo Heep
Quarto Árbitro: Paulo Cezar da Silva
Assessor: Ronaldo Parpinelli
Delegado: Gilson Bassani