Correio dos Campos

Ministério Público denuncia por homicídio qualificado homem que estuprou, matou e decapitou piraienses em fevereiro

23 de Maio de 2022 às 16:32
(Foto: Reprodução/Facebook)

DA REDAÇÃO – O Ministério Público do Paraná ofereceu denúncia criminal contra um homem que estuprou, matou e decapitou as jovens Luana Lopes Teles e Cintia Marques da Silva na região do Morro da Onça, em Piraí do Sul, em fevereiro desse ano.

Na companhia de dois adolescentes que participaram do crime que chocou toda a comunidade piraiense, o homem teria usado um facão e uma arma de fogo durante o assassinado. Depois de disparar contra as vítimas, ele manteve relação sexual com elas antes de decapitar as duas jovens e enterrar seus corpos na mata, segundo a denúncia feita pelo MP.

CRIMES – De acordo com a denúncia, o homem responderá pelos crimes de homicídio triplamente qualificado (feminicídio, motivo torpe e uso de meio que dificultou a defesa das vítimas), estupro, vilipêndio de cadáver, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

O réu está preso na cadeia pública de Castro – a manutenção da prisão preventiva foi requerida pelo MPPR na denúncia. Aos adolescentes, foi aplicada medida socioeducativa de internação, medida que depende atualmente de julgamento de um recurso interposto pela defesa.

 

Com informações do Ministério Público do Paraná