Correio dos Campos

Piraí do Sul registrou mais de 22 novos casos por dia de Covid-19 na última semana

10 de Maio de 2021 às 20:03
(Foto: Isabela Carrari)

Por Pedro Dalcol Filho – Com os 155 novos casos da doença nos últimos sete dias, a cidade chegou a marca de 2.247 pessoas infectadas pelo vírus desde o ano passado.

Embora tenha apresentado uma pequena queda em relação aos números da semana anterior, quando 167 novos casos foram confirmados, o número de infecções ainda é considerado bastante alto pelas autoridades de saúde locais.

A divisão do total de novos casos pelos sete dias da semana chega a média preocupante de mais de 22 pessoas infectadas por dia na cidade.

Além disso, outro número que inspira cuidados é o de piraienses que permanecem internados em leitos de UTI, fato que se explica pelo baixo percentual de pessoas que conseguem reverter as complicações da Covid e sobreviver.

De acordo com o relatório de hoje, até a tarde desta segunda-feira (10) onze moradores da cidade se encontravam em Unidades de Terapia Intensiva.

O boletim em números

O boletim epidemiológico divulgado hoje mostra 155 novos casos da doença, com 171 pessoas recebendo tratamento contra o vírus.

Dentro desse universo, 150 pessoas se encontram isoladas em casa. Dez pacientes estão internados em enfermaria, enquanto outros onze ocupam leitos de Unidades de Terapia Intensiva.

Dos 2.247 casos confirmados do novo coronavírus até aqui, 2.026 pacientes recuperados foram considerados curados.

Com sete óbitos registrados nos últimos dias, a cidade agora contabiliza o total de 50 mortes devido a complicações causadas pela doença.

Casos suspeitos

Outra queda registrada entre a semana anterior e a passada foi a do número de casos suspeitos, que caiu de 155 para 143, com todas as pessoas isoladas em casa e recebendo monitoramento das equipes de saúde.

Testes

Nos testes laboratoriais, 2.210 pessoas testaram negativo nos exames do Laboratório Central do Estado (LACEN), enquanto outras 858 apresentaram resultado negativo nos testes rápidos.