Correio dos Campos

Após estabilidade nas últimas semanas, número de novos casos de Covid volta a subir em Piraí do Sul

3 de Maio de 2021 às 17:46
(Foto: Reuters)

Por Pedro Dalcol Filho – Depois de algumas semanas de estabilidade, quando a média de novos casos de pessoas infectadas pelo vírus se manteve abaixo da registrada antes do começo do processo de vacinação contra a doença, o número de novos casos de pacientes que testaram positivo para a Covid-19 voltou a subir consideravelmente no Município.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (03), o número de novos casos da doença saltou de 71, na semana passada, para 167 nos últimos dias.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o expressivo aumento registrados nos últimos sete dias pode ser associado aos abusos cometidos durante os últimos feriados, especialmente por jovens que continuam se reunindo de forma clandestina em áreas da zona rural, o que dificulta o trabalho das equipes de fiscalização.

Julio Sandrini, Secretário de Saúde, comenta que enquanto não houver consciência sobre os riscos que atividades como essas representam, dificilmente os resultados serão melhores.

O boletim em números

O relatório de hoje mostra 167 novos casos da doença, com 176 pessoas passando por tratamento contra o vírus.

A cidade registra nesta segunda-feira 155 pessoas em isolamento domiciliar, 11 internadas em enfermaria e 10 ocupando leitos de Unidades de Terapia Intensiva.

Piraí do Sul registrou até agora 2.092 casos positivos do novo coronavírus, com 1.873 pacientes recuperados.

Com mais um óbito registrado nos últimos sete dias, a cidade chega a 43 mortes devido a complicações causadas pela doença.

Casos suspeitos

Repetindo que aconteceu nas últimas duas semanas, o número de casos suspeitos voltou a subir, passando de 119 para 155, com todas as pessoas isoladas em casa e recebendo monitoramento das equipes de saúde.

Testes

Nos testes laboratoriais, 2.121 pessoas testaram negativo nos exames do Laboratório Central do Estado (LACEN), enquanto outras 858 apresentaram resultado negativo nos testes rápidos.