Correio dos Campos

Pedreiro que apanhou em confusão na Vila Dalcol morre no Bom Jesus

Idoso não resistiu aos ferimentos e faleceu na noite desta quinta-feira (3).
4 de Maio de 2018 às 12:04
Instituto Médico Legal de Ponta Grossa confirmou a morte do pedreiro. Ele será sepultado em Piraí do Sul.

REDAÇÃO/Correio dos Campos – O pedreiro Moacir Gonçalves, de 61 anos de idade, faleceu na noite de ontem no Hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa, onde estava internado desde que foi espancado durante uma briga generalizada que aconteceu no Jardim Benevenuto Antunes Dalcol, em Piraí do Sul, no último dia 29 de abril.

A morte do idoso foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa há poucos minutos. De acordo com o laudo preliminar divulgado pelo órgão, a morte de Moacir foi ocasionada pelas agressões físicas sofridas durante a confusão.

Natural de Foz do Iguaçu, o pedreiro será velado em Piraí do Sul, onde será sepultado no cemitério municipal, neste sábado, às 8h30. Ele deixa quatro filhos.