Correio dos Campos

Criança usa caixa anônima do Proerd para relatar abuso sexual sofrido dentro de casa

Foi feita uma força-tarefa entre PM e escola para conseguirem identificar a vítima, que contou ter medo do familiar
4 de Maio de 2022 às 10:13
(Foto: Ilustrativa/Freepik)

Uma criança, de 10 anos, usou a caixa do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) para denunciar, de forma anônima, abuso sexual. O caso foi registrado em uma escola de Ivaiporã, norte do Paraná, no dia 29 de abril e foi divulgado na noite desta terça-feira (3).

Na carta, sem assinatura, a criança pediu orientação do que fazer caso seja abusada. Foi montada uma força-tarefa entre Polícia Militar, professora e direção da instituição de ensino para comparar as letras e descobrirem a identidade da vítima.

Em uma abordagem discreta, a criança foi orientada e ouvida. Ela relatou que um familiar, que mora na mesma casa que ela, havia exibido um site pornográfico e tentado passar a mão em seu corpo. A vítima contou ter medo do suspeito e pensado em cometer suicídio.

A Patrulha Escolar Comunitária de Ivaiporã foi acionada para registro da ocorrência. O Conselho Tutelar recolheu a criança e a encaminhou para a casa de outro familiar. O caso foi repassado ao Ministério Público de Ivaiporã e está sendo investigado pela Polícia Civil.

A Caixinha do Proerd é uma dinâmica das aulas em que os alunos podem fazer perguntas ao policial, tirar dúvidas, fazer denúncias e pedir ajuda. Já foram registrados pedidos de material escolar, alimentos e solicitação de socorro.

Dados como nome da criança e da escola são preservados para segurança da vítima. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 100 e 190.

Fonte: RIC Mais

Leia mais clicando AQUI