Correio dos Campos

Oito pessoas da mesma família são infectadas pelo novo coronavírus após reunião no Dia das Mães

Família de Arapongas, no norte do Paraná, teve o diagnóstico confirmado para a doença ao longo do mês de maio. Prefeitura divulgou informação no domingo (31)
2 de junho de 2020 às 08:14
Oito pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus em Arapongas — Foto: Caio Coutinho/G1

G1 – Oito pessoas de uma mesma família de Arapongas, no norte do Paraná, foram infectadas pelo novo coronavírus depois de se reunirem para comemorar o Dia das Mães. A informação foi divulgada pela prefeitura no domingo (31).

A Secretaria Municipal de Saúde detalhou que o evento contou com dez pessoas que têm entre 18 e 69 anos. O exame de um dos integrantes da família, que apresentou sintomas leves da doença, ainda não foi divulgado.

Uma idosa de 68 anos foi a primeira pessoa, que esteve na comemoração, a apresentar os sintomas. Ela procurou a Unidade Pronto Atendimento com tosse, febre e desconforto respiratório. Em seguida, foi transferida para um hospital onde ficou internada por sete dias na enfermaria.

Com a confirmação do diagnóstico de Covid-19, a secretaria municipal de Saúde passou a monitorar todas as pessoas que estiveram com a idosa no segundo domingo de maio.

Ao longo do mês, exames confirmaram que outras sete pessoas, que apresentaram sintomas, estavam com a doença.

Além dessas dez pessoas, o município está acompanhando 20 pessoas que tiveram contato com o grupo depois da reunião familiar.

“É necessário manter o distanciamento social, evitar aglomerações. O poder público não pode atuar sozinho, as pessoas precisam colaborar”, disse o secretário Moacir Paludetto Júnior.

Das oito pessoas da família, apenas duas precisaram ser internadas.

Casos confirmados na cidade

Em Arapongas, 67 pessoas foram infectadas pela doença, sendo que 53 já estão curadas e uma morreu.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, profissionais de saúde, segurança e de segurança alimentar estão passando por testes em massa.

O município recebeu 2.580 testes rápidos do Governo Federal, mais 500 doados pelo sindicato das Indústrias Moveleiras e ainda comprou outros 5.000. Até esta segunda-feira (1°), 1.276 pessoas foram testadas na cidade.