Correio dos Campos

Missas com presença de fiéis serão retomadas a partir de quarta-feira (27), em Ponta Grossa

Celebrações estavam sendo transmitidas pela internet ou pelo rádio desde março por causa da pandemia da Covid-19. Diocese diz que seguirá medidas determinadas pelas autoridades.
27 de Maio de 2020 às 08:26
(foto: divulgação)

A Diocese de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, irá retomar a realização de missas com a presença de fiéis a partir de quarta-feira (27). As celebrações estavam acontecendo com portas e fechadas e transmitidas pela internet ou pelo rádio por causa da pandemia da Covid-19.

Ponta Grossa tem 60 casos confirmados do novo coronavírus. No Paraná são 3.331 diagnósticos e 156 mortes causadas pela Covid-19, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

A presença de fiéis estava suspensa desde março, quando a Diocese emitiu um comunicado com uma série de medidas por causa da pandemia.

De acordo com a Diocese, as celebrações serão retomadas seguindo as determinações das autoridades e uma resolução da Sesa, que elencou medidas para a retomada de atividades religiosas.

Ainda segundo a Diocese, a retomada das celebrações poderá ser revista a partir de critérios técnicos e científicos em relação à transmissão do novo coronavírus no estado.

Normas em Ponta Grossa

Desde o dia 10 de maio, as igrejas de Ponta Grossa estão autorizadas a retomar celebrações, seguindo um decreto que foi publicado pela prefeitura.

O decreto estabeleceu 15 normas que devem ser cumpridas pelos templos para evitar a transmissão do novo coronavírus. Veja a seguir:

  • Igrejas e templos devem seguir a ocupação máxima de 30% da capacidade;
  • Pessoas do grupo de risco e idosos estão proibidos de participar das celebrações;
  • Bancos e assentos precisam ser ocupados em fileiras alternadas;
  • Os fiéis precisam estar usando máscaras;
  • Padres e pastores podem utilizar máscara ou devem manter distância de 3 metros do público;
  • Na entrada, todos os fiéis devem receber álcool em gel nas mãos;
  • As portas e janelas precisam ficar abertas para circulação de ar;
  • O contato físico deve ser evitado, e os fiéis devem manter distância de pelo menos 1,5 metro;
  • Menores de 18 anos também estão proibidos de entrar nos templos;
  • O uso de folhetos e materiais compartilhados está suspenso;
  • As igrejas precisam fazer o controle do fluxo de entrada e saída das pessoas, inclusive fiscalizando o distanciamento em caso de filas;
  • As áreas utilizadas precisam ser higienizadas antes e depois das celebrações;
  • As igrejas também precisam desinfectar os espaços pelo menos três vezes ao dia, mesmo em dias sem celebrações;
  • Atividades presenciais como catequese, atividades pastorais, sociais e outras continuam suspensas;
  • As celebrações podem durar até uma hora.

Fonte: G1