Correio dos Campos

Crianças, professores, gestantes e adultos de 55 a 59 anos estão abaixo da meta de vacinação contra a gripe

29 de Maio de 2020 às 17:07
(foto: Hospital Infantil/ Waldemar Monastier)

IMPRENSA/Palmeira – Quatro grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe ainda estão abaixo da meta em Palmeira. Crianças de 6 meses a 6 anos, professores, gestantes e adultos de 55 a 59 anos ainda não alcançaram o objetivo de vacinar ao menos 90% de seu público.

Dentre os quatro grupos citados, as crianças alcançaram a melhor cobertura vacinal até o momento, atingindo 84,11%, ou seja, já foram vacinadas 2.112 das 2.511 crianças que fazem parte do grupo. Vale lembrar que o horário da vacinação das crianças deve ser agendada pelos responsáveis diretamente com as agentes comunitárias de saúde (ACSs), por telefone ou pelo Whatsapp de sua unidade de saúde de referência.

A segunda melhor cobertura entre os grupos que ainda não atingiram a meta é dos adultos de 55 a 59 anos, com 76,32%, com 1.067 doses em 1.398 pessoas. Das 332 gestantes do município, apenas 185 receberam vacinação até o momento, ou seja, 55,72%. O grupo dos professores atingiu percentual de 64,33%, sendo 377 vacinados em 586 pessoas que pertencem ao grupo.

Caso alguém que faça parte de um dos grupos prioritários abrangidos na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe ainda não tenha recebido sua dose de vacina, pode procurar sua unidade de saúde de referência para ser vacinada. Fazem parte dos grupos prioritários os idosos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativa, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência, professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mulheres no pós-parto até 45 dias e pessoas de 55 anos a 59 anos de idade.

Parciais

Até o momento 8.600 palmeirenses já receberam a dose da vacina contra a gripe, em um total de 8.119 pessoas que deveriam receber a vacinação, ou seja, a cobertura vacinal atingiu 105,92%.

Cinco grupos prioritários já ultrapassaram 100% de cobertura vacinal de seus públicos alvos: puérperas (109,26%), trabalhadores da saúde (153,74%), idosos (133,39%), pessoas com comorbidades (149,11%) e pessoas privadas de liberdade (150%). Crianças, gestantes, professores e adultos de 55 a 59 anos, como já citado na matéria, ainda estão abaixo da meta.

Vacina

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o Coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe envolve as três esferas gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS), contando com recursos da União, das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.