Correio dos Campos

Conferência dos direitos da pessoa idosa aborda desafios do envelhecimento

21 de Maio de 2019 às 11:33
(Divulgação/PMP)

IMPRENSA/Palmeira – Na quarta-feira (15) ocorreu a 5ª conferência municipal dos direitos da pessoa idosa, promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Com objetivo de debater e avaliar as políticas públicas, e promover a participação social, neste ano, o tema abordado foi: “Os Desafios de Envelhecer no Século 21 e o Papel das Políticas Públicas”.

O evento contou com a presença de idosos e idosas, membros da administração pública e comunidade em geral. O Grupo de Seresta Municipal realizou apresentação dos hinos Nacional e a Palmeira. A conferência foi aberta pelo secretário de Gestão Pública, Geraldo Nepomuceno das Neves, que representou o prefeito, Edir Havrechaki. A conselheira de mais idade Marli Bornacin Yamaguchi, compôs a mesa e representou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Gabriel Osternarck Lima. Também estiveram presentes os secretários municipais de Assistência Social, Mário Wieczorek, e de Educação, Carla Patrícia Marcondes de Albuquerque.

Wieczorek destacou a função de suas atividades à frente da secretaria e os objetivos em promover o melhor atendimento e a defesa dos direitos das pessoas da melhor idade, atrelando a importância da explanação das reivindicações dos presentes durante o evento. “Essa conferência está aqui para que vocês debatam suas opiniões e exponham os seus desejos para o melhor funcionamento do conselho”. O Secretário ressaltou também a abertura do Centro do idoso, que está prevista para o mês de junho.

A secretária de Educação, Carla Patrícia Marcondes Albuquerque, deu seguimento às atividades realizadas durante a tarde ministrando uma palestra, ela ressalta a oportunidade e importância em tratar do tema “É um grande desafio envelhecer neste século, esta oportunidade da conferência nos fez refletir sobre nossos direitos individuais e coletivos, voltados ao processo de envelhecer com plenitude, pautado em um processo de autoconhecimento e amor próprio, para que, fortalecidos nos unamos nesta importante questão social”, conta a Secretária.