Correio dos Campos

Morador de rua atingido por tesouradas tem quadro estável, segundo hospital

Vítima recebeu diversos golpes na região abdominal; por sorte nenhum deles atingiu órgãos vitais
22 de julho de 2019 às 11:53
(Everson Bressan-AEN)

REDAÇÃO/Correio dos Campos – É estável o quadro de saúde do morador de rua que foi atingido nesta madrugada, em Castro, por diversos golpes de tesoura. As informações são da assessoria de imprensa do Hospital Universitário Regional de Ponta Grossa.

De acordo com o hospital, o paciente foi internado na unidade nas primeiras horas da madrugada desta segunda-feira (22). Ele passou por procedimento cirúrgico para suturar os ferimentos. Identificado como M.F.S., o homem de 30 anos permanece em observação.

Ainda segundo as informações, o morador de rua não teve nenhum órgão da região abdominal perfurado pelas tesouradas. Apesar de apresentar quadro estável, ele segue sem previsão de alta.

O caso

Segundo a PM, a vítima foi encaminhada perto da 00h10 até a Unidade de Pronto Atendimento de Castro, depois de ser agredida por outro morador de rua dentro de um abrigo público. O caso aconteceu na Rua Conselheiro Jesuíno Marcondes, na Vila Rio Branco.

Apresentando diversas perfurações pelo corpo, o rapaz de 30 anos foi rapidamente transferido para o Hospital Regional para tratar dos ferimentos causados com a tesoura usada pelo autor que fugiu e não foi localizado.