Correio dos Campos

Paraná fecha ano epidemiológico da dengue com aumento de 80% no número de mortes, diz Sesa

Boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta terça-feira (14), que encerra o período sazonal, aponta 227.724 casos e 177 mortes confirmadas, desde agosto de 2019.
15 de julho de 2020 às 09:00
Paraná fechou o período epidemiológico da dengue com aumento de 80% no número de mortes, diz Sesa — Foto: Agência Brasília

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná divulgou, nesta terça-feira (14), o último boletim do período epidemiológico entre 2019 e 2020 da dengue.

Conforme o levantamento, o estado registrou aumento de 80% no número de mortes pela doença, em comparação com o ciclo epidemiológico anterior.

O total de casos aumentou mais de 100%, se comparado ao período de 2018 e 2019.

Entre o final de julho de 2019 e esta terça-feira, foram 227.724 casos de dengue e 177 mortes confirmadas, em 43 boletins, segundo a Sesa.

A secretaria relata que foram notificados 360.618 casos suspeitos, sendo que 102.033 foram descartados e 30.861 aguardam resultado de exame.

No período epidemiológico entre julho de 2018 e o mesmo mês de 2019, foram 23 mortes e 22.946 casos.

A Sesa ressaltou que, apesar do fechamento do período, com este boletim, os dados serão consolidados em novembro, com o fechamento das informações do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

Epidemia

Em março de 2020, o Paraná entrou em estado de epidemia de dengue, conforme informado pela Sesa. Para se configurar uma epidemia de dengue, é necessário ter mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes.

Atualmente, segundo a Secretaria de Saúde, 244 municípios do estado estão em situação de epidemia e outros 31 em alerta para a dengue.

Último boletim

De acordo com o levantamento desta terça-feira, o número de casos de dengue aumentou 12.866, com 20 novas mortes, em comparação com boletim anterior, divulgado em 30 de junho.

Ainda conforme a secretaria, há notificações da doença em 374 municípios das 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Fonte: G1