Correio dos Campos

‘Duas pessoas transmitem para três’, diz secretário de Saúde sobre contágio do coronavírus no Paraná

Isso porque, segundo o secretário, o índice de isolamento social caiu para 35% durante a semana e 45% aos fins de semana no estado. Governador Ratinho Junior decretou 'quarentena mais restritiva' para tentar diminuir a curva de casos no estado.
2 de julho de 2020 às 08:47
Jovem infectado pelo novo coronavírus descumpriu isolamento social ao ir em mercado, em Terra Roxa

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, disse, na tarde desta quarta-feira (1º), que a condição atual do Paraná é de que “cada duas pessoas transmitem para três” o vírus da Covid-19. Assista ao vídeo.

O índice de isolamento social, uma das principais medidas para combater o vírus, está em 35% durante a semana e 45% aos fins de semana no estado, conforme o secretário. O ideal para pelo menos manter o controle, ainda conforme Beto Preto, seria entre 50% e 55%.

Somente entre segunda (29) e terça (30), o número de pessoas contaminadas foi de 1.536. Foi o recorde de casos em 24 horas desde o início da pandemia.

Ao todo, de acordo com o boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 636 pessoas morreram no estado com Covid-19 e mais de 22 mil tiveram a doença confirmada.

“Precisamos desses 14 dias para baixar a contaminação no Paraná definitivamente. Serão 14 dias de muito sacrifício”, afirmou Beto Preto.

Quarentena

Na terça (30), o governador Ratinho Junior decretou uma ‘quarentena mais restritiva’ para tentar diminuir a curva de casos no estado. As medidas passam a valer a partir desta quarta-feira e devem durar 14 dias.