Correio dos Campos

Tibagi inaugura novo canal de treinamento de Canoagem

31 de Maio de 2022 às 09:05
(Foto: João Pedro Agostinho/ASCOM Pref. Tibagi)

COM ASSESSORIAS – No leito do Rio Tibagi, canal teve investimento de cerca de R$ 1,2 milhão do Governo Federal e da Prefeitura de Tibagi. A título de comparação, o canal artificial construído para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 custou R$ 647,1 milhões. Canal de Tibagi será importante como local de treinamento para atletas nacionais e internacionais, além de fomentar o turismo e a economia local.

A Prefeitura de Tibagi inaugurou oficialmente, no último domingo (29), o novo canal de treinamento de canoagem. A cerimônia aconteceu após o término do Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom e Slalom Extremo, disputado no município desde sexta-feira (27).

“Devemos agradecer primeiro a Deus por nos dar esse belíssimo rio e suas corredeiras, sem ele essa pista nunca seria possível. A inauguração aconteceu no ano em que completamos 150 anos de emancipação política e no mês que recebemos o título de capital paranaense do esporte de aventura. O novo canal de canoagem coloca Tibagi no mapa do esporte nacional e podemos receber diversos atletas nacionais e internacionais para treinamento, fomentando o nosso turismo e a nossa economia”, garantiu o prefeito Artur Butina durante a cerimônia.

Butina fez questão de agradecer o empenho de todos os funcionários e secretarias que participaram de alguma forma para que o canal, o campeonato e a cerimônia acontecessem.

Com investimento de R$ 1.189.779,04, sendo R$ 991.518,48 repassados pelo Governo Federal através de convênio e R$ 198.260,56 de contrapartida do município, a importante obra foi após muito trabalho da atual gestão para conseguir a liberação do projeto junto ao Instituto Água e Terra do Governo do Paraná. Até o início de 2021 as obras estavam paralisadas, mas em pouco tempo uma nova empresa foi licitada e o canal recebeu a competição mais importante a nível nacional da canoagem slalom.

A título de comparação, toda a obra e entorno do canal artificial construído para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 custou R$ 647,1 milhões.

Participaram da inauguração do evento o superintendente de esportes do Paraná, Hélio Renato Wirbiski, representando o governador Ratinho Júnior; o diretor de inovação da Paraná Esporte, Tiago Campos; a chefe de gabinete e primeira-dama Kelly Oliveira; o Chefe Regional do Instituto Água e Terra, Ivan Loureiro; o Presidente Da Confederação Brasileira de Canoagem, Rafael Girotto; o Presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Wlamir Motta Campos; o Presidente do Conselho Regional de Educação Física, Gustavo Chaves Brandão; o presidente da Câmara Municipal de Tibagi, Vereador Paulo Cesar Martins, o Presidente da Associação Semeando Sonhos, Daniel dos Santos; e Presidente da Federação Paranaense de Canoagem, Argos Gonçalves Dias Rodrigues.

O ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, estava confirmado para participar da inauguração. Porém, devido às enchentes que assolaram o estado de Pernambuco a vinda do ministro não foi possível. Porém, Ronaldo Bento fez uma videochamada com o prefeito Butina e pediu desculpas pela sua ausência e parabenizou toda a realização do evento.