Correio dos Campos

Agricultura – CONDECATI realiza eleição de nova diretoria

29 de Maio de 2017 às 18:22

A Secretaria Municipal de Agricultura sediou dois eventos importantes nesta sexta-feira (26), no auditório da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC). O primeiro foi um encontro com representantes do Conselho de Desenvolvimento do Território Caminhos do Tibagi (CONDECATI) para apresentação das ações desenvolvidas pelo conselho e para a eleição da nova diretoria. O segundo, uma reunião sobre a implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

O gerente da Secretaria Municipal de Agricultura, Walmar Eidam assumiu a presidência do CONDECATI. A vice-presidência ficou Josildo, de Ventania, a 1° secretaria quem assume é Benato, de Curiúva, a 2ª secretaria, com Luiz Andre, também de Curiúva, o 1° tesoureiro ficou a cargo de Terezinha, de Tamarana e o 2° tesoureiro ficou com Domingos, de Curiúva. A nova diretoria fica por dois anos, podendo ser reeleita.

Walmar assume já com a proposta de lutar pela implantação do SIM em consórcio, que beneficiaria pequenos produtores da agricultura familiar dos municípios integrantes do território que ainda não possuem o sistema. “A criação do SIM é primordial, tem um peso muito grande para os municípios. E porque o SIM em consórcio? Porque vem trazer economia. Cada município precisa ter uma estrutura de fiscalização independente da vigilância sanitária para o SIM. Se faz isso em consórcio, essa estrutura pode atender até quatro municípios dentro do custo de um só. Depois disto temos outras ações que prcisam ser retomadas”, explicou.

 

Inspeção Municipal  O SIM foi o tema do segundo evento que a secretaria de Agricultura participou durante o dia. Pela manhã aconteceu na sala de reuniões da secretaria, um encontro paralelo à plenária do CONDECATI, sobre a implantação do sistema.

Tibagi, Curiúva, Tamarana, Ortigueira, Imbaú, Reserva, Ventania e Telêmaco Borba enviaram representantes para discutir o assunto.

A veterinária da Prefeitura de Ortigueira, Alice Regina Padilha, participou da reunião e deu detalhes de como funcionaria o projeto em consórcio. “A partir do momento que gente conseguir unificar de todos via consórcio e ter essa fiscalização unificada, um veterinário vai fiscalizar todos os municípios. Vai melhorar muito para o pequeno produtor. Ele vai continuar trabalhando com a nota do produtor, mas vai poder fazer a comercialização de seu produto fora do município”, explicou. O gerente Walmar reiterou o apoio do CONDECATI para a continuidade do projeto. “Para criação do SIM é preciso que as leis dos municípios que compõe o território se equiparem. O consórcio vai auxiliar nesse processo”, disse Walmar.

Uma nova reunião ficou marcada para dia 13 de junho, em Ortigueira, com a presença da vigilância sanitária e da fiscalização sanitária de todos os municípios.