Correio dos Campos

Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do CREAS Samuel Klabin, realiza ações durante o Maio Laranja

19 de Maio de 2022 às 09:32

COM ASSESSORIAS – O dia 18 de maio é marcado como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Portanto, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Foi estabelecido até mesmo o Maio Laranja, com a Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, reforçando as ações de combate e conscientização. É importante que a população participe e fique sempre atenta a situações de abuso e exploração, e principalmente, denuncie.

Diariamente crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência nos vários ambientes por eles frequentados. Dessa forma, a família, a sociedade e o poder público, devem ser envolvidos na discussão e nas atividades propostas em relação à prevenção ao abuso e exploração sexual, alertando principalmente que as vítimas, em sua grande maioria, não têm a percepção do que é o abuso sexual.

A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades (incluindo bebês), e em todas as classes sociais, podendo ser de várias formas, como: abuso sexual, em que a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para praticar algum ato de natureza sexual; e exploração sexual, usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição.

Assim que for identificada a violência sexual, antes mesmo de conversar com a vítima, é importante entrar em contato com a equipe do Conselho Tutelar, que dará o encaminhamento correto de acordo com o caso.

Com o objetivo de divulgar a Campanha “Faça Bonito,” a Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio da equipe técnica do CREAS Samuel Klabin, está realizando diversas ações durante todo o mês de maio.

“Nossa equipe continuará atuando preventivamente e incentivando a denúncia de casos em que ocorra a exploração infantil, nosso objetivo é chamar a atenção da população em geral para que juntos possamos combater este tipo de crime”, reforçou o secretário de Assistência Social, Cleverson Silva dos Santos.

AÇÕES DURANTE O MAIO LARANJA, EM TELÊMACO BORBA

No dia 16 houve a roda de conversa com os educadores sociais dos Serviços de Convivência do município; (17) roda de conversa com os jovens inscritos no Projeto Pescar da Braslumber e com as turmas de Pedagogia, Psicologia e Enfermagem da UNIFATEB.

No dia 18, a divulgação do vídeo institucional sobre a temática, em parceria com a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente / Panfletagem, conscientização da campanha e orientação a comunidade em diversos pontos da cidade / colocação de flores na Praça da Família e nos canteiros em frente ao CREAS, em alusão ao número de crianças e adolescentes vítimas de violência e/ou abuso sexual atendidos durante o ano de 2021 e o primeiro semestre de 2022.

Dia 20, divulgação da campanha na Rádio T. E nos dias 24 e 25, palestra nas escolas da Rede Estadual de Ensino, inseridas nos bairros de maior índice de violência.

Ressalta-se a importância do trabalho em rede, destacando os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), que são unidades públicas que funcionam como porta de entrada para o atendimento de pessoas em situação de risco social ou que tiveram seus direitos violados. Salienta-se que principalmente não culpabilizem a criança ou o adolescente e que, identifiquem quaisquer elementos e situações de risco que possam haver.

Havendo alguma suspeita é possível fazer a denúncia por meio do canal Disque 100. A ligação é gratuita, funciona todos os dias da semana, por 24h, inclusive sábados, domingos e feriados. A denúncia pode ser feita também na Polícia Militar, pelo número 190, ou diretamente no Conselho Tutelar, através dos telefones (42) 3904-1618 e (42) 9 99109-4002.