Correio dos Campos

Prefeita vistoria reparos em escola danificada no temporal de quinta

Aulas em duas unidades danificadas pelo vendaval retomam as atividades nesta terça. Educação Infantil retorna quinta-feira na Escola Braulina Carneiro Quadros
16 de outubro de 2023 às 17:19
(Foto: Divulgação/PMPG)

COM ASSESSORIAS – Os reparos em dez CMEIs e Escolas Municipais danificadas pela força dos ventos e pelo temporal da última quinta-feira (12), em Ponta Grossa, foram iniciados imediatamente após a intempérie. Desde o feriado, passando pelo fim de semana, as unidades começaram a receber os materiais e manutenções necessários para que os estudantes não ficassem sem as aulas.

Em apenas duas situações não foi possível retornar às atividades nesta segunda-feira (16). Na Escola Municipal Professora Braulina Carneiro Quadros, no Parque Santa Lúcia, houve destelhamento completo de uma das alas, além da secretaria da unidade. No local, os trabalhos de limpeza e reorganização foram intensificados para que todas as aulas retornem o mais brevemente possível. Já nesta terça-feira (17), com realocação das salas de aula, serão retomadas as atividades do Ensino Fundamental. A Educação infantil retornará na quinta-feira (19). Um novo telhado já começou a ser construído na escola.

Na Escola Municipal Ivon Zardo, o atendimento foi quase completo, com exceção de uma turma do Infantil 5 da unidade. Os reparos necessários nesta unidade já foram providenciados e a escola atenderá 100% dos alunos também nesta terça.

“A Prefeitura dispõe dos materiais e pode colocar os serviços de reparos e atendimento emergencial em atividade muito rapidamente, devido à organização preventiva da gestão. Infelizmente não podemos impedir que as intempéries aconteçam, mas agimos prontamente para que a vida possa voltar ao normal o mais brevemente possível, e as nossas escolas estão demonstrando isso”, afirma a prefeita Elizabeth Schmidt.

Desde o ocorrido, as equipes da Secretaria Municipal de Educação estão trabalhando para solucionar todos os problemas causados pelo temporal, que afetou dez unidades escolares. Os trabalhos foram executados sem pausa, de maneira emergencial. Com exceção das duas escolas mais atingidas, todas atenderam normalmente nesta segunda-feira.