Correio dos Campos

Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento faz balanço da 1ª parcela do Vale-Mercado

Novas vagas são abertas para atender mais 4.250 famílias e o agendamento para a 2ª etapa acontece dia 19 de maio a partir das 16 horas.
10 de Maio de 2021 às 18:42
(Foto: Divulgação/PMPG)

COM ASSESSORIAS – O Vale-Mercado foi uma das ações do Programa Retoma PG, sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), que teve início no dia 12 de abril, sendo uma das medidas da Prefeitura, em atenção para população impactada pelos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Ao todo, o Vale-Mercado já atendeu aproximadamente 2,8 mil famílias, totalizando um valor superior a R$ 400 mil, distribuídos à população mais vulnerável, em alimentos adquiridos através de um crédito de R$ 150,00 para compras nas unidades do Mercado da Família.

De acordo com a SMAPA, devido à grande procura foi necessário, ainda no mês de abril, prorrogar a data dos atendimentos evitando aglomerações, como também para facilitar as compras para todos os beneficiários. “Na primeira parcela do benefício, foram registrados cerca de 20% de cadastros negados, por não estarem dentro dos critérios previstos no decreto que criou Vale-Mercado”, conta o secretário Bruno Costa, que elucida que as vagas que sobraram, foram redistribuídas no último cadastramento on-line realizado no dia 29 de abril, juntamente com os cadastros que ainda não realizaram a compra utilizando o vale da primeira parcela.

Segundo o secretário, o agendamento on-line para realizar o cadastro para segunda parcela será disponibilizado na página da Prefeitura no dia 19 de maio, a partir das 16 horas. “Será agendado um horário para a conferência da documentação e caso aprovado, o munícipe poderá imediatamente comprar das unidades do Mercado da Família, utilizando o valor de R$150,00, a partir do dia 12 de junho”, disse.

Costa salienta que todo este movimento gerado pelo Programa exigiu ajustes rápidos na distribuição de alimentos à população. “Para garantir o atendimento desta demanda, tivemos que agir rapidamente na reposição de produtos em todas as unidades do Mercado da Família, assim buscou-se cada vez mais, opções inovadoras como o cadastramento on-line para evitar aglomerações e organizar a demanda”, finaliza o secretário.

QUEM TEM DIREITO

– Desempregados há mais de 6 meses;

– Grupo familiar e autônomos com renda até R$ 178,00 per capita;

– Ambulantes inscritos no Programa Ambulante Legal;

– MEI sem renda nos últimos 6 meses.

COMO REALIZAR O AGENDAMENTO (dia 19 de maio / 16 horas)

1 – O agendamento deverá ser realizado pelo site da Prefeitura dia 19 de maio.

2 – No dia e hora agendada, o munícipe deverá comparecer presencialmente na unidade do Mercado da Família com toda a documentação original exigida.

3 – A autodeclaração será preenchida e assinada no ato do cadastramento presencial

4 – Aprovado o cadastro, o munícipe poderá efetuar a compra com o crédito de R$ 150,00 do Vale-Mercado imediatamente.

5 – O Vale-Mercado tem validade de 30 dias corridos e no mês seguinte, o favorecido deverá comprovar novamente a necessidade de receber o benefício.

6 – Para os que tiverem os cadastros aprovados, as compras poderão ser realizadas a partir do dia 12 de junho.