Correio dos Campos

Grupo de Cordas do Conservatório Maestro Paulino realiza apresentação em escola municipal

Atividade aconteceu nesta terça-feira na escola Othon Mader.
22 de Maio de 2019 às 11:47

Luana Caroline Nascimento/Ponta Grossa – Foram três violinos, um violoncelo e um contrabaixo que encheram a Escola Municipal Othon Mader de muita música nesta terça-feira, 21, no período da tarde. O Grupo de Cordas do Conservatório Maestro Paulino, mantido pela Prefeitura de Ponta Grossa e pela Fundação Municipal de Cultura, apresentou para os alunos um pouco do repertório erudito e de como funcionam os instrumentos.

A criançada participou, aplaudiu e aproveitou a tarde diferente fora da sala de aula. A diretora da escola, Luciane Moritz, afirma que o conhecimento extra é o mais importante, pois a atividade foge da rotina. “É inesquecível, nós que somos adultos ficamos encantados, imagina eles. Será para sempre o aprendizado na vida deles”, afirma.

A coordenadora do Grupo de Cordas do Conservatório Maestro Paulino, Susan Volkmann, ressalta que o ganho não é só para o público, mas para os músicos também. Segundo ela, como cada lugar, seja um teatro ou um espaço alternativo, tem uma acústica diferente, toda apresentação necessita uma atenção especial dos alunos que compõem o Grupo de Cordas. “Aqui o público está bem mais próximo dos músicos, porque quando o público está longe é algo desconhecido. Aqui, como o público está perto, a gente acaba se aproximando, o que ajuda bastante no desenvolvimento musical deles. A adrenalina e o nervosismo na hora de tocar também interfere nisso e eles tendo essa possibilidade aqui é importante para a formação deles” reforça Susan.

Para o diretor artístico do Conservatório Maestro Paulino, Douglas Passoni, esta é uma etapa fundamental do processo de formação dos alunos. “É a oportunidade de desenvolver as habilidades instrumentais no espaço da comunidade e assim, também poder levar um pouco de música e instrumentos diferentes do habitual. É gratificante ver a sede de conhecimento dos alunos das escolas municipais, ambiente que sempre foi muito positivo para as nossas atividades”, completa.