Correio dos Campos

Mais de 200 enxadristas participam da primeira etapa do circuito Campos Gerais

Atletas disputaram oito rodadas com a presença de crianças a idosos.
20 de Maio de 2019 às 10:26

COM ASSESSORIAS – Com organização do Clube Ponta Lagoa, a Federação Paranaense de Xadrez, em parceria com o SESC, realizou a primeira etapa do Circuito de Xadrez Rápido dos Campos Gerais em Ponta Grossa neste domingo (19). Mais de 200 atletas participaram da competição, que contou com oito rodadas. Foram quatro pela manhã e mais quatro à tarde.

A competição foi dividida em categorias que iam desde o sub-08 até idade aberta. O objetivo do evento é fomentar e fortalecer o xadrez na região e no Paraná. “O nosso estado é referência no país em rendimento e o xadrez é uma ferramenta de socialização, não é simplesmente um jogo. Ele ajuda a desenvolver a pessoa”, aponta o coordenador de arbitragem Alexandre Zampier.

Atletas de quatro a 60 anos podiam ser vistos no mesmo espaço, uma oportunidade única de desenvolvimento. Destaque do xadrez ponta-grossense com títulos internacionais no currículo, Vitório Chemin competiu na etapa e destacou a importância do xadrez para a evolução das crianças. “O xadrez exige concentração em todos os lances. Uma escolha errada pode mudar tudo. Isso é levado por eles para a vida”, destaca.

Para o coordenador da etapa e representante do Clube Ponta Lagoa, Josmar Edson Buiar, a competição traz a possibilidade de troca de experiências. “Temos atletas campeões sul-americanos e jovens promessas. Essa troca de experiências é importante para a evolução de todos. Aqui perder um jogo não é levado como derrota e sim como aprendizado”, explica.

A segunda etapa do Circuito de Xadrez Rápido dos Campos Gerais acontece em setembro, mas antes os atletas da região disputam outros campeonatos organizados ou incentivados pela Federação Paranaense e entidades parceiras, até mesmo fora do Estado.