Correio dos Campos

Tubarões/MM trazem vitórias do Paranaense de Basquete em cadeira de rodas

15 de Maio de 2018 às 13:09

COM ASSESSORIAS – O time de basquete em cadeira de rodas dos Tubarões/MM/Fundesp/LDPG teve aproveitamento de 66% na primeira etapa do Campeonato Paranaense, realizada no final de semana em Maringá. Os comandados de Ben Hur Chiconato venceram os Lobos, de Guarapuava, e os Tigres, de Umuarama. O único revés aconteceu diante do atual campeão estadual, o Kings, de Maringá. Os resultados colocaram os pontagrossenses na vice-liderança da competição.

No norte do estado os Tubarões cumpriram seus três primeiros compromissos na fase de classificação do Paranaense. Ainda restam mais quatro jogos para que a equipe tente se assegurar entre os quatro melhores da competição, ganhando o direito de disputar o título da divisão A. No jogo de estréia no sábado, contra os Lobos, de Guarapuava, dois bons quartos de partida foram o suficiente para que o representante da cidade conseguisse uma boa vitória pelo placar de 61 a 36, com parciais de 14×09/25×08/12×12/10×17.

Mais tarde, no confronto dos campeões da Divisão A e B, o Kings, de Maringá, mostrou porque é uma das melhores equipes do sul do país. Restou aos Tubarões/MM, após fazer um bom primeiro quarto, tentar resistir a força do adversário. Missão que ficou mais difícil pela sequência de ataques errados e uma acentuada desatenção defensiva do spontagrossenses. O placar terminou em 80 a 34 para Maringá, com parciais de 17×09/1907/26×06/18×12.

No encerramento da participação, os Tubarões/MM enfrentaram os Tigres, de Umuarama. Com um primeiro quarto primoroso, onde venceu por 23 a 08, Ponta Grossa chegou a sua segunda vitória dentro da etapa. O jogo terminou em 64 a 52, com parciais de 23×08/12×15/17×10/12×17.

Os Tubarões/MM disputaram a etapa de Maringá com os seguintes atletas e pontuadores: William (05), João Vitor, Vinícius (34), Edson (20), Fernando (08), Henrique (66), Jackson (14), Dirceu (03) e Herus (10). Na avaliação do técnico Ben Hur o time sentiu muito a falta de entrosamento com os três atletas novos da equipe, especialmente contra a forte defesa de Maringá. “Precisamos nos preparar melhorar para enfrentar as forças do bcr do estado, pois o campeonato será duríssimo”, salientou o treinador. Segundo ele, o estado foi “invadido” por estrangeiros e tornou a competição extremamente competitiva. “Para não ficar atrás, e até mesmo em função do grupo limitado que temos, me obriguei a entrar na onda das contratações. Isto foi desfavorável no momento em que precisamos do coletivo”, finalizou Ben Hur. A próxima etapa do Campeonato Paranaense será realizada entre os dias 27 e 29 de julho, na cidade de Pérola D’Oeste.