Correio dos Campos

Roteiro religioso ganha novo atrativo

Oratório de São Paulo Apóstolo passará a integrar roteiro turístico-religioso de Ponta Grossa, e também integrará o projeto Conhecendo PG.
9 de Maio de 2018 às 20:10

IMPRENSA/Ponta Grossa – O Oratório de São Paulo Apóstolo, templo católico da ordem dos Arautos do Evangelho, situado em Uvaranas, é a mais nova aquisição do roteiro religioso de Ponta Grossa, e passará a integrar também o projeto “Conhecendo Ponta Grossa”. Na tarde desta quarta-feira, o presidente da Fundação Municipal de Turismo, Edgar Hampf – e praticamente toda a equipe da Fumtur – esteve no Oratório, discutindo com o superior dos Arautos, padre Mateus Taneguti, a inclusão daquela igreja no roteiro turístico-religioso.

“Estamos em pleno Ano do Turismo Religioso, e temos uma igreja belíssima que estava fora de qualquer roteiro oficial”, explica o presidente. Segundo Edgar Hampf, a casa dos Arautos era lembrada geralmente na época do Natal, em função do Presépio extremamente elaborado que oferece a visitação. “Há uma igreja de grande valor cultural, artístico e, portanto, turístico, que merece e vai ser incluída no nosso roteiro. É sem dúvida uma das igrejas com mais bonitas de Ponta Grossa, apesar de sua área externa ainda estar em obras”.

O Oratório teve suas obras iniciadas em 2008, e as obras de finalização devem se estender por mais um bom período. No entanto o interior, a Casa dos Irmãos e o entorno estão praticamente prontos, são decorados com cuidado e oferecem uma visão diferenciada das atividades dos Arautos, além de receber fiéis para missas diárias. “Certamente é uma igreja que engrandece nosso roteiro de turismo religioso e que deve ser conhecida e apreciada por visitantes de Ponta Grossa e, logicamente, outras cidades”, aponta o presidente da Fumtur.

O projeto Conhecendo Ponta Grossa oferece, mediante agendamento, visitas gratuitas a determinados roteiros (religioso, natural, histórico-cultural, industrial) com transporte e guias gratuitos, sempre às terças e quintas-feiras, e é desenvolvido pela Fundação Municipal de Turismo e pela Viação Campos Gerais, com apoio do Ponta Grossa Convention & Visitors Bureau e da Universidade Estadual de Ponta Grossa.