Correio dos Campos

Agência do Trabalhador passará a emitir Carteira de Trabalho

31 de Maio de 2017 às 21:45

Foi firmado nesta manhã (31) um acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura Municipal e a Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para descentralizar a emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), através da Agência do Trabalhador.

A iniciativa partiu do Município, que no início do ano encaminhou um ofício para o MTE declarando o interesse de oferecer o serviço, e hoje o Ministério entregou o documento com as requisições necessárias para a implantação. Uma delas indica a compra de Kits de Imagem, que possuem webcam, coletor digital e mesa digitalizadora, por exemplo.

Segundo o diretor da Agência do Trabalhador de Ponta Grossa, John Elvis Ramalho, a intenção é que as compras de material e adaptações estruturais sejam feitas ainda neste ano para iniciar o serviço. “A Agência ganha em atendimento. Quanto mais ações oferecermos, maior é a excelência de serviço e o destaque ganho. Em breve, além de oferecer o serviço da intermediação de mão de obra e seguro desemprego, teremos mais um serviço disponível para a população”, justifica John.

Na ocasião, o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), Paulo Carbonar, destacou que a Agência de Ponta Grossa é destaque nacional, e mais essa opção de atendimento será benéfica para o trabalhador que busca agilidade. “Hoje temos pessoas que passam em entrevistas de emprego, mas acabam perdendo oportunidades por não ter a CTPS”, justifica Carbonar.

Já o Superintendente do MTE/PR, Paulo Alberto Kroneis, conta que a estrutura do Ministério é enxuta, e a parceria com a Prefeitura Municipal vem para ajudar a descentralizar esse serviço. “Esse acordo é importante por ampliar a nossa capacidade de atuação. Também temos projetos maiores para a cidade, como a construção de uma nova unidade para melhorar o acesso aos serviços federais”, anunciou Kroneis.

Também estiveram presentes na reunião o prefeito Marcelo Rangel, o Diretor de Qualificação Profissional da SMICQP, Victor Hugo de Oliveira, e a assessora técnica da Superintendência do MTE/PR, Leila Maria Raboni.