Correio dos Campos

Programação religiosa da festa de Nossa Senhora das Brotas começa nesta terça

Esta já é a 143ª edição da festa em Piraí do Sul
26 de dezembro de 2023 às 15:08
A missa campal com Dom Sergio será no bosque em frente ao santuário. (Fotos: Pascom Santuário Nossa Senhora das Brotas)

COM ASSESSORIAS – A programação religiosa da 143ª Festa de Nossa Senhora das Brotas inicia nesta terça-feira (26), véspera do dia de Nossa Senhora das Brotas, com uma missa às 19 horas, com a queima dos pedidos, intenções e agradecimentos que foram depositados pelos devotos durante todo o ano de 2023. Amanhã, a primeira celebração será já às 6h30. Os festejos acontecem no Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Brotas, o Portal da Rota do Rosário, em Piraí do Sul. No programa, cinco missas, uma delas campal, além de procissão, batizados e bençãos. Nossa Senhora das Brotas é protetora da agropecuária, padroeira do município de Piraí do Sul e da Rota dos Tropeiros.

Logo após a primeira missa, às 8 horas serão celebrados batizados. Às 9 horas, a tradicional procissão sairá de frente da Igreja matriz da Paróquia Senhor Menino Deus, seguindo até o santuário, para o início da missa campal, que será presidida pelo nosso bispo, Dom Sergio Arthur Braschi. Durante todo o percurso da procissão é comum ver a fé expressada pelos devotos que se vestem de anjo, de São Frei Galvão, de Nossa Senhora, ao lado de pessoas que caminham descalço, com cruz nas costas e, até mesmo, com réplicas de casa na cabeça. Tudo para expressar as graças alcançadas durante o ano.

Na igreja do santuário ainda haverá celebrações às 12 horas, 13h30, 15 horas e 16h30, todas elas celebradas por padres convidados. Confissões e bênçãos serão realizadas a partir das 13h30 e se estenderão por toda a tarde. No final do dia, às 18 horas, a procissão de encerramento ocorrerá dentro do bosque do Santuário. A missa campal será realizada no bosque em frente à igreja do santuário.

Quanto à programação festiva, o funcionamento do ‘camelódromo’ será das 8 horas às 11h30 e haverá churrasco e almoço com buffet livre, a partir das 11h30. Durante todo dia, haverá praça de alimentação. Já desde o dia 23 – até hoje – é realizado o Leilão de Prendas Maiores Virtual, e também presencial, no Salão Padre Evaldo, localizado no bosque. O leilão é transmitido pela página do santuário no Facebook. Os lances podem ser acompanhados por meio do grupo formado no WhatsApp. Para ser adicionado é preciso entrar em contato com a Secretaria: (42) 98411-0532.

Nesta quarta-feira, às 15 horas, acontece um leilão presencial de pequenas prendas. Este ano, o Show de Prêmios é da Paróquia Senhor Menino Deus, porém será realizado no bosque do santuário, a partir das 17 horas.

Apesar de a festa ocorrer em dia de semana, a Pastoral de Eventos do santuário estima acolher um público de 10% superior ao registrado no ano passado, quando passaram pela festa cerca de sete mil pessoas. “Pela intercessão de Nossa Senhora das Brotas inúmeras graças são alcançadas, sendo também uma oportunidade de renovarmos a nossa fé”, convida o reitor do santuário, padre Roberval Mulhtedt.

História

O Santuário em Piraí do Sul, tem a sua história ligada ao primeiro santo brasileiro, Santo Antonio Santana Galvão, o Frei Galvão.

Em 1808, frei Galvão em visita aos conventos franciscanos do Sul, parou em Piraí do Sul para anunciar a palavra de Deus e também para descansar. Ele foi recebido na casa da Dona Ana Rosa Maria da Conceição de Paula. Em retribuição pela hospedagem, frei Galvão deixou-lhe uma estampa de Nossa Senhora. Chegou a dizer-lhe que a estampa era milagrosa.

Ana perdeu a estampa quando mudava de casa. Ela acabou sendo encontrada, intacta, em meio a brotos que nasciam após uma queimada. A moldura foi totalmente destruída pelo fogo e a efígie foi milagrosamente preservada. Por este fato a estampa recebeu o nome de Nossa Senhora das Brotas.

O santuário fica em um lindo bosque de pinheiros e tem diversos atrativos religiosos, entre eles, o caminho das padroeiras que conta com as capelas de Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora do Rocio, Nossa Senhora Mãe da Divina Graça. Também o Caminho do Terço São João Paulo II e o das Alegrias de Maria, que fica ao lado das margens do Rio Piraizinho, entre outros espaços.