Correio dos Campos

Padre Roberval Mulhstedt participa de Encontro Nacional de Santuários do Brasil

17 de Maio de 2022 às 15:22
(Foto: Divulgação)

DA REDAÇÃO – O reitor do Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Brotas, em Piraí do Sul, Padre Roberval Mulhstedt, participa desde ontem, dia 16, do XXIV Encontro Nacional de Santuários do Brasil, que se entenderá até o próximo dia 20, em Florianópolis.

Com o tema geral sobre “A epifania do Sagrado nos santuários”, o encontro irá trabalhar o lema bíblico que destaca a presença santificadora de Deus na história humana: “Eles me farão um santuário, e eu habitarei no meio do meu povo”. Diante dos desafios impostos pela pandemia, os organizadores elegeram ainda um tema complementar, que aborda os desafios enfrentados pelas administrações dos santuários: “Administração de santuários e captação de recursos”.

O encontro reúne renomados teólogos e gestores, que devem contribuir para a jornada de conhecimento e partilha dos participantes. Entre eles, está o Vigário Geral da Arquidiocese de Florianópolis, Pe. Vitor Galdino Feller, que vai apresentar o tema: “A epifania do Sagrado nos santuários: porta aberta para a Nova Evangelização”.

Dentro da programação, o renomado teólogo Pe. Agenor Brighenti, membro da Comissão teológica do Sínodo sobre a Sinodalidade, aprofundará o tema “Santuário: Cultura do Encontro e Igreja em saída”, enquanto o tema complementar, “Campanhas de arrecadação de recursos para santuários”, terá a assessoria de Solange Parron, que há mais de 20 anos trabalha como gerente de Marketing de Relacionamento do Santuário de Aparecida.

Expectativa

Em conversa com o Correio dos Campos antes de viajar com destino a capital catarinense, Padre Roberval falou sobre a expectativa de sua participação no encontro.

“Carrego uma expectativa muito boa de participar do congresso nacional, que será um momento de comunhão com os outros santuários. A partilha com estes locais poderá nos trazer exemplos, boas novidades e ideias novas para o Santuário de Nossa Senhora das Brotas, já que através de eventos como este podemos ter melhor percepção do que funciona e do que não funciona nessas comunidades”, disse.

“Considero, sobretudo, a comunhão que se cria nestes encontros e a oportunidade de divulgar a nossa devoção a Nossa Senhora das Brotas para divulgar ainda mais o espaço que temos aqui em Piraí do Sul. Estou muito animado, primeiro, para mergulhar nos temas do congresso e, depois, buscar compreender como os outros santuários estão trabalhando, especialmente neste período pós-pandemia”, finaliza o reitor.