Correio dos Campos

Ladrões arrombam unidades de saúde e causam prejuízo de mais de R$ 10 mil

22 de Maio de 2021 às 14:36
(Fotos: Divulgação/PMPS)

Por Pedro Dalcol Filho – Nos últimos 15 dias duas das unidades de saúde de Piraí do Sul foram alvo da ação criminosa de ladrões que entraram nos locais para furtarem aparelhos eletrônicos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os bandidos levaram dois aparelhos televisores de 55 polegadas nos dois furtos.

A SMS informou que esses equipamentos foram instalados nas unidades básicas de saúde para proporcionar aos usuários uma espera mais agradável e confortável enquanto esperam pelo atendimento.

O secretário responsável pela pasta, Julio Sandrini, detalhou os dois casos.

“Tivemos há 15 dias a primeira invasão na UBS Dr. Jorge, na Vila Paraná, e ontem no Centro Municipal de Imunização, local onde antes funcionava a Clínica da Mulher”, disse.

“Nos dois casos os ladrões agiram de forma parecida. Primeiro eles arrombaram as portas e depois furtaram as tevês. Para vocês terem uma ideia dos prejuízos, somente o custo dos reparos das portas e demais estruturas afetadas, somado ao valor dos eletrônicos levados, chega a mais de R$ 10 mil, dinheiro que sai do bolso de todos os piraienses, inclusive dos próprios ladrões”, emendou Sandrini.

Segurança – De acordo com o secretário, todos os prédios que fazem parte da estrutura da saúde possuem alarme e são monitorados.

Ele disse ainda que em várias oportunidades os seguranças chegaram a tempo de impedir os furtos, diferentemente do que aconteceu nestes dois casos.

“A audácia e ousadia dos ladrões, infelizmente, vão além de qualquer medida de segurança. Embora a equipe de vigilância chegue rápido ao local, nem sempre é possível inibir esse tipo de ação criminosa”, emendou Sandrini.

Ajuda da população – A Secretaria de Saúde pede o auxílio da população para que denuncie diretamente para a polícia caso alguém tenha alguma informação sobre os furtos.

Além disso, os gestores da área pediram também que os moradores das regiões onde estão instaladas as UBS ajudem na conversação dos espaços públicos, denunciando para a polícia qualquer atividade suspeita.

As denúncias podem ser feitas, de forma anônima, pelos telefones 190 da Polícia Militar e (42) 3237-1132, da Polícia Civil.