Correio dos Campos

Família contesta informação e apresenta nova versão sobre prisão de homem que ameaçou pescadores em Piraí do Sul

13 de abril de 2021 às 09:32
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Por Pedro Dalcol Filho – Familiares do proprietário da chácara localizada na Rua Gumercindo Sguario, no Jardim Manoel Isidoro, onde aconteceu a prisão de um homem na noite de domingo (11), procuraram o Correio dos Campos na tarde de ontem (12) para contestar a informação repassada pela Polícia Militar, através do setor de Comunicação que fica em Ponta Grossa.

Reviravolta no caso

Segundo Henrique Augusto Fritz, neto do verdadeiro proprietário do imóvel, o homem detido no domingo não seria o dono da propriedade, mas apenas o filho de criação do proprietário que moraria de favor em uma das casas da propriedade.

Henrique afirmou que a chácara pertence a seu avô e que ele, um primo e uma criança da família estavam pescando no local, autorizados pelo próprio avô, quando o homem que apenas mora na propriedade os ameaçou e ordenou que deixassem o local.

“Ele começou a criar a maior confusão, ameaçou o meu tio e minha mãe. Ele tentou ameaçar e constranger a gente e por isso chamamos a polícia que pegou ele em flagrante com as armas”, contou.

Com o homem foram encontradas e apreendidas duas espingardas, de calibres 28 e 38.