Correio dos Campos

Piraienses contribuem e levam o Paraná ao posto de quarta melhor equipe infantojuvenil do Brasil

20 de Maio de 2017 às 18:51

A seleção paranaense ficou com a quarta colocação no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) infantojuvenil masculino. Neste sábado (20.05), na disputa pelo bronze, o Paraná foi superado pela seleção de São Paulo por 3 sets a 0. A partida aconteceu no ginásio Sabiasinho, em Uberlândia (MG).

Após a derrota para Minas Gerais nas semifinais, a equipe comandada por Ronei Cucio seguiu para a disputa da medalha de bronze. Historicamente, paranaenses e paulistas sempre protagonizaram grandes duelos.

Desta vez não foi diferente. Na reedição da última final da competição, São Paulo acabou levando a melhor, conquistando a terceira colocação.

Com esse resultado o Paraná encerrou a sua campanha com duas vitórias (Pará e Santa Catarina) e três derrotas (Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo). Ficando com o quarto lugar na classificação geral.

Para Ronei, a equipe fez o seu melhor, mas não conseguiu se superar nos momentos difíceis. “Os meninos realmente se dedicaram, fizeram o máximo que podiam, dentro das suas limitações. Para conseguirmos conquistar uma colocação melhor a palavra chave é superação. Não conseguimos nos superar em alguns momentos difíceis, por isso acabamos ficando com o quarto lugar. Não é desonroso, muito pelo contrário. Essa é uma geração vitoriosa e merece os parabéns”, disse.

O técnico da seleção paranaense também falou sobre a importância do trabalho de base. “Ao final do nosso trabalho aqui em Minas Gerais, nós [comissão técnica] começamos a entender a importância da Taça Sami Melinski. Essa competição é que abre as portas para que as seleções estaduais consigam chegar num futuro melhor. O que me preocupa agora é como vai ser o trabalho com esses atletas, porque eles voltam para os seus clubes e nós temos que criar algum tipo de apoio para que eles consigam manter um bom nível técnico para uma possível convocação”, afirmou.

Alto do pódio
O Rio de Janeiro é o grande campeão. A equipe carioca superou Minas Gerais por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 20/25, 25/15 e 25/19, e ficou com o lugar mais alto do pódio.

Participação piraiense

Atuaram no Campeonato Brasileiro de Seleções, jogando pelo Paraná, que hoje tem a quarta melhor equipe do País, o ponteiro Guilherme Nodari Sguario, e o técnico Jean Bobato (Vila Velha Vôlei), que fez parte da comissão técnica paranaense.

Com Assessorias