Correio dos Campos

Polícia suspeita que jovem foi dopada e abusada sexualmente em hospital do PR

O prontuário médico desapareceu e o prédio não possui câmeras na parte interna
19 de Maio de 2022 às 16:45
(Foto: Rodrigo Marques/RICtv)

Uma jovem, de 20 anos, foi encontrada desacordada dentro do Hospital Cristo Rei, de Ibiporã, no norte do Paraná. Ela deu entrada na unidade após um acidente de moto. A garota foi encontrada desacordada em uma sala. A Polícia Civil suspeita que ela tenha sido dopada e sofrido abuso sexual. O caso é do dia 12 de maio, mas foi divulgado nesta quarta-feira (18).

De acordo com informações concedidas pela mãe, a vítima mandou mensagem para ela durante a tarde avisando que havia sofrido um acidente. A jovem parou de responder e a mãe foi ao hospital, onde foi comunicada de que a filha não estava mais internada. Depois de três horas sem notícias, a mãe voltou no endereço para tentar encontrar a filha.

“Depois de muita busca atrás dela, eu fiquei desconfiada e voltei lá no hospital. Foi quando o porteiro do hospital encontrou ela”, relata a mãe.

Desacordada, a menina precisou ser entubada e transferida em estado grave ao Hospital Universitário (HU) de Londrina. O prontuário médico não foi localizado.

Foi feita perícia inicial, que não conseguiu confirmar o abuso sexual. Conforme o delegado Vitor Dutra, que abriu um inquérito para investigar o caso, foram colhidos materiais para perícia e a hipótese de abuso ainda é considerada.

Conforme informações do HU, a jovem foi extubada e recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), nesta segunda-feira (16). Ela apresentou traumatismo craniano com edema cerebral e não se recorda do que houve.

Leia também: Possível vítima de hipotermia, homem é encontrado morto no oeste do PR

O Cristo Rei registrou um boletim de ocorrência sobre o sumiço do prontuário médico. Não existem câmeras de segurança dentro do prédio. Em nota, a diretoria garantiu que deu o suporte necessário para apurações. Confira na íntegra:

Em relação aos fatos noticiados e ocorridos no dia 12/05/2022, temos a reportar que todas as informações obtidas após apuração interna foram repassadas a autoridade policial e estão sob sigilo em inquérito policial para prosseguimento das investigações. O Hospital Cristo Rei de Ibiporã, preservando pela transparência, deu todo suporte necessário e se colocou a disposição da família, assim como já contribuiu prontamente, com declarações e documentação que pudesse ajudar na apuração dos fatos. Com o propósito de não prejudicar as investigações e em respeito à família, todas as informações devem ser preservadas e o hospital cristo rei se coloca a disposição para quaisquer necessidades e/ou esclarecimentos que a Polícia Civil entenda por necessário.

Fonte: RIC Mais

Leia mais clicando AQUI