Correio dos Campos

Homem sobrevive após cair de araucária com mais de 20 metros de altura ao tentar derrubar pinhas, no Paraná

Lucas Claudino, de 28 anos, sofreu lesões na costela e no pulmão, em Guarapuava; IDR-Paraná afirma que correto é que as pinhas caíam naturalmente dos pinheiros.
17 de Maio de 2021 às 15:29
Jovem sofreu queda de pinheiro com mais de 20 metros de altura, no Paraná. (Foto: Reprodução/RPC)

Um homem de 28 anos sobreviveu a uma queda de mais de 20 metros de altura de uma araucária em Guarapuava, nos Campos Gerais do Paraná. Lucas Claudino estava derrubando pinhas da árvore quando caiu, atividade que faz há 13 anos que Lucas para complementar a renda.

“Trepei nele, tirei 93 pinhas. Daí eu estava descendo, me agarrei no galho e joguei a corda, e dobrei com ela na mão. Na hora que dobrei nessa mão, ela arrebentou, aí que fui para o chão, e não vi mais nada. Só fui me acordar no hospital”, relembrou o jovem.

O momento da queda foi registrado pelo irmão, Eliton, que pensou que Lucas havia quebrado o pescoço naquele momento. “Eu creio que foi a mão de Deus no ar, porque ele virou e caiu de lado, com os braços fechados e caiu em cima de um galho de pinheiro”, disse.

Lucas teve cinco costelas quebradas e o pulmão perfurado duas vezes e afirmou que a sobrevivência “foi um milagre”.

O acidente de Lucas é uma das sete quedas de araucárias notificadas a órgãos de segurança no Paraná desde 2019.

Conforme levantamento da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), de janeiro de 2019 a abril deste ano, foram notificados quase 32 mil acidentes de trabalho em todo o Paraná. Destes, 131 foram de queda de árvore, sendo sete casos com quedas confirmadas de pinheiros.

A idade das vítimas, ainda segundo a Sesa, é de 28 a 41 anos. A secretaria reforça, ainda, que o número pode ser ainda maior pois muitos casos não são informados às autoridades.

Fonte: G1