Correio dos Campos

Pai pula em cisterna pra salvar a filha e eles precisam ser salvos pelos bombeiros

28 de setembro de 2020 às 11:17
Equuipe resgata criança e pai de dentro de cisterna de mais de 10 metros de profundidade (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Uma criança de 6 anos caiu na cisterna da casa onde mora, em Jataí, no sudoeste de Goiás. Em seguida, o pai dela, 46, tentou resgatá-la, mas os dois tiveram que esperar a chegada do Corpo de Bombeiros, que os ajudaram a voltar à superfície. A corporação estima que o poço tenha mais de 10 metros de profundidade.

O acidente aconteceu na tarde de domingo (27). Segundo a família contou aos bombeiros, a menina estava brincando na garagem quando a tampa da cisterna escorregado e a filha acabou caindo.

Também de acordo com a corporação, assustado e preocupado com a filha, o pai dela amarrou uma corda a uma pilastra da garagem e tentou descer por ela até o fundo, para tentar resgatar a menina. No entanto, a corda não era longa o suficiente para que o homem pudesse chegar ao fundo, então, na descida, ele acabou tendo de pular. Quando a equipe da corporação chegou à casa da família, precisou instalar um equipamento para viabilizar a saída da criança e do adulto de dentro do poço. Primeiro, um dos bombeiros desceu e resgatou a menina e, em seguida, o pai.

A criança foi levada a um hospital da cidade, mas, conforme os bombeiros relataram à TV Anhanguera, ela teve apenas arranhões e foi liberada para voltar para casa logo após o atendimento. O pai saiu ileso.

Segundo os bombeiros, a cisterna era ativa e tinha água até pouco menos de um metro. Eles acreditam que isso pode ter amortecido a queda da criança, ao mesmo tempo que não era fundo o suficiente para que ela se afogasse.

Fonte: G1