Correio dos Campos

Guarda Municipal prende homem por agredir filha de seis anos com martelo

Segundo relato da menina, ela foi ferida na cabeça quando entrou na frente da mãe no momento em que o pai tentava atacá-la com um martelo
14 de Maio de 2020 às 16:13
(Divulgação/PMPG)

IMPRENSA/Ponta Grossa – A Guarda Municipal de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), prendeu, na noite de ontem (13), um homem por agredir a filha de seis anos com um martelo. A situação foi registrada no Residencial Athenas, em Uvaranas e teve o acompanhamento do Conselho Tutelar.

De acordo com informações da SMCSP, a ação teve início após solicitação de apoio da GM feita pelo Conselho Tutelar para a verificação de uma denúncia de agressão a criança.
Ao chegar no local, a mãe da menina negou a situação, afirmando que a filha havia sofrido uma queda, versão que já havia sido mencionada pela mesma durante atendimento prévio no Hospital da Criança e que havia sido repassada ao Conselho Tutelar.

Ao perceberem a tentativa da mãe em omitir os fatos para preservar o marido, as equipes da Prefeitura solicitaram falar somente com a criança, que acabou relatando que tinha sido ferida durante uma briga entre o pais. Segundo relato da menina, ela foi ferida na cabeça quando entrou na frente da mãe no momento em que o pai tentava atacá-la com um martelo.

Munidos dos fatos, os agentes indagaram novamente a mãe, que acabou admitindo a veracidade da história.
Porém, questionada sobre o paradeiro do marido, a mulher informou não possuir a informação e que o mesmo teria saído de casa e não tinha voltado até o momento.

No entanto, no decorrer da situação, as equipes foram informadas por um terceiro de que o agressor se encontrava em outra residência na mesma vila, o que motivou o deslocamento da Guarda Municipal até o endereço mencionado e a localização mesmo.

Ao chegar no local,o suspeito deixou o interior do imóvel mediante solicitação da equipe, que procedeu com abordagem, revista pessoal e prisão do agressor.
Por fim, foi feito o encaminhamento do suspeito até a delegacia da 13ª SDP.