Correio dos Campos

Ex-policial acusado de matar três pessoas e tentar assassinar outras duas é morto a tiros, diz PM

Marcelo Bonfim Ledo estava em uma moto com a esposa quando foi parado por um carro. O casal foi atingido por diversos tiros na tarde desta terça-feira (5), em Londrina.
6 de Maio de 2020 às 08:16
Marcelo Bonfim Ledo foi morto em Londrina — Foto: Fantástico/Reprodução

O ex- policial militar Marcelo Bonfim Ledo, acusado de matar três pessoas e tentar assassinar outras duas, foi morto em uma estrada do distrito de Lerroville, em Londrina, no norte do Paraná, nesta terça-feira (5).

Marcelo Ledo era réu em sete processos judiciais. Ele chegou a ser preso, mas por ordem do Tribunal de Justiça foi autorizado a responder pelos crimes em liberdade. Um dos julgamentos estava previsto para ocorrer em agosto deste ano.

Conforme as informações da polícia, outra investigação aponta que Ledo atirou em 22 pessoas, sendo que 14 delas morreram. Em um carro branco, o ex-policial se aproximava das vítimas e atirava com um rifle com silenciador. Esses crimes estavam sendo investigados pela Polícia Civil.

Emboscada

De acordo com a Polícia Militar (PM), Ledo estava em uma moto com a esposa quando foi morto. Os dois estavam na estrada que liga o distrito de Lerroville a Tamarana.

A PM afirma que a moto do ex-policial foi fechada por um carro onde estavam ao menos dois homens armados. Estas pessoas desceram e atiraram várias vezes.

A polícia não soube informar quantos tiros foram disparados e quantas pessoas são suspeitas do crime. No local foram encontradas cápsulas de munição de 9 mm e de calibre 12.

Ambulâncias dos bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram até o local. O ex-policial morreu no local. O corpo dele será levado ao Instituto Médico-Legal de Londrina.

A esposa de Marcelo Ledo foi socorrida em estado grave e levada para um hospital de Londrina.

Fonte: G1