Correio dos Campos

Bebê fica trancado dentro de carro e mãe é encontrada em bar

12 de abril de 2020 às 08:11
Imagem Ilustrativa (foto: Agência Brasil)

Um bebê de dez meses ficou trancado dentro de um carro por cerca de duas horas na tarde deste sábado (11), no bairro Capão Raso, em Curitiba. A mãe estava em um bar a cerca de 50 metros e foi levada em flagrante pela polícia ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) por abandono de incapaz. A criança passa bem e foi entregue ao Conselho Tutelar.

O carro estava estacionado na rua Vereador Adeodato Volpi. A Polícia Militar (PM) foi acionada pelos frequentadores do bar, ao ouvirem a mãe conversar com uma amiga sobre o bebê. Quando policiais chegaram, o carro estava com todos os vidros erguidos e trancado. A criança estava no banco de trás, em uma cadeirinha. “Quando chegamos, realmente tinha um bebê em uma cadeirinha aparentemente desmaiado. A equipe abriu o veículo e, assim que encostou nela, a criança acordou. A equipe foi até um bar que tinha a cerca de 50 metros e a mãe estava lá”, descreveu o soldado Cruz à Banda B.

Os policiais arrombaram o carro e a criança socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). A princípio, a temperatura do menino era de 38ºC devido ao calor dentro do carro, mas logo depois baixou para 36ºC. Ele estava assustado, mas tranquilo. Vizinhos chegaram a dizer que ouviram choro, mas que não sabiam de onde vinha.

A mãe foi encontrada em um bar próximo ao local, mas primeiramente negou que tivesse um filho. “Primeiro ela negou dizendo que não tinha filho, mas os donos do bar disseram que era ela mesma. Ela desacatou a equipe, mas verificamos que ela estava com a chave do veículo. Então, ela confessou que era a mãe. Pessoas do bar contaram que ela é usuária de drogas, ingere bebida alcoólica e que não tinha sido a primeira vez que aquilo acontecia”, completou o soldado Cruz.

Enquanto a criança estava sendo atendida, uma mulher chegou até o local, dizendo ser amiga da mãe. “Ela estava me ligando, eu perguntei onde ela estava e ela me disse que estava no bar. Eu perguntei, cadê o nenê, ela disse que estava no carro e eu disse que não podia deixar ele no carro e corri para cá, mas quando cheguei a polícia já estava aqui. No mínimo, irresponsável, no mínimo”, disse a mulher, que trocou a fralda do bebê, antes de ele ser levado pelos policiais.

Flagrante
A mãe do bebê foi presa em flagrante por abandono de incapaz e levada ao Nucria. Se condenada, a mãe pode ter de cumprir uma pena de seis meses a três anos de prisão. O bebê foi levado ao Conselho Tutelar, onde será analisa as condições da família. Não há informações sobre onde estava o pai da criança.

Fonte: Banda B