Correio dos Campos

Semana da Vigilância em Saúde do trabalhador em obras de alvenaria: EPIs

22 de março de 2022 às 11:27
(Foto ilustrativa)

COM ASSESSORIAS – Equipamentos de Proteção Individual (EPI): É todo equipamento destinado a proteger a integridade física do trabalhador. Deve ser fornecido gratuitamente pelo empregador. O EPI deverá estar em perfeito estado de conservação e funcionamento e ser adequado ao risco. O empregador deve tornar obrigatório o seu uso. Todos os EPI devem ter Certificado de Aprovação (CA) emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Capacetes: De utilização obrigatória em todas as obras. Nos trabalhos em altura é recomendável a colocação de alça jugular (que prende o capacete à cabeça) para evitar a queda do equipamento.

Calçados: Botina de couro para todos os trabalhadores. Adicionalmente deve ser fornecida a bota de PVC quando houver trabalhos de escavação e em locais encharcados.

Luvas de raspa: Devem ser fornecidas sempre que houver manuseio de materiais abrasivos, cortantes ou peças com rebarbas, como nos trabalhos dos armadores e no transporte e movimentação de madeiras.

Óculos/protetor facial :Utilizados sempre que houver risco de projeção de partículas em direção aos olhos. Preferencialmente deve ser utilizado o protetor facial que protege o rosto inteiro.

Protetor auricular: Deve ser utilizado sempre que estiver em trabalho ou ambiente onde o nível de ruído esteja acima dos limites de tolerância definidos pela Norma Regulamentadora nº 15 (85 decibéis para 8 horas de trabalho). Na construção civil deve ser do tipo concha.

As instalações sanitárias provisórias devem atender adequadamente ao número de trabalhadores instalados no canteiro de obras. Devem ser mantidas em condições de higiene por toda a jornada de trabalho. Deve possuir área mínima de ventilação, possuir iluminação natural e artificial.

CIPA: As empresas com mais de 20 empregados deverão constituir Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). As que tiverem menos de 20 empregados deverão possuir um empregado designado para responder pela prevenção de acidentes.

Em caso de dúvidas, entrar em contato com o setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador de Palmeira, pelo telefone (42) 3909-5096, ou diretamente na Rua XV de Novembro, 570 Centro.