Correio dos Campos

Teatro aborda combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

29 de Maio de 2017 às 16:22

Uma peça de teatro que será apresentada nesta terça-feira (30) irá abordar a campanha de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O espetáculo “Num Reino não tão distante” terá exibições às 9 horas e às 14 horas, no Ginásio de Esportes Durval Antônio de Freitas (Central), de Palmeira. A entrada será gratuita.

“Num Reino não tão distante”, espetáculo com aproximadamente 1 hora de duração, utiliza elementos do circo, do teatro e da dança para levar a mensagem principal até o público. Para tanto, o espetáculo faz um referência a personagens místicos, como fadas, elfos, magos entre outros, com cenários e figurinos dentro dessa temática, contando a história de forma simples.

Com experiência com outros espetáculos nesse segmento, “Num Reino não tão distante” foi elaborado para tratar de um assunto tão grave e muitas vezes pouco abordado de uma forma para atingir o máximo de pessoas possíveis, de idades diferentes.

Segundo a assistente social Márcia Regina Wansovicz, a exibição da peça faz parte de um projeto desenvolvido pelo pela Secretaria de Assistência Social, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), para combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescente. “Trazer o espetáculo para a cidade foi uma das formas que encontramos de abordar esse problema sistemático”, relatou.

 

Sinopse Era uma vez em lugar não muito longe, mais perto do que se pode imaginar, onde vivia uma fadinha muito doce, seu nome era Bela, uma fada ainda pequenina que, como uma criança do mundo real adora correr e brincar e tem um sonho: aprender a voar. Bela é uma fadinha muito esperta e adora aprender coisas novas juntamente com sua professora que acolhe com muito carinho todas as crianças da Floresta Encantada, a Fada Mestre Melinda. Melinda luta para garantir todos os direitos das crianças e adolescentes da floresta.

Mas, não muito longe, mais perto do que se pode imaginar, havia um ser malvado que, com muita estupidez faz a nossa pequena Bela deixar de sonhar, perder a inocência e a vontade de voar.

Uma história de faz conta, mas que retrata a realidade de uma fadinha criança que sofre uma grande maldade. A violência sexual contra criança e adolescentes é o foco dessa trama que traz fadas, bruxas, elfos e duendes para aproximar as crianças de hoje e fazer uma analogia que, mesmo quando tudo parece ser um conto de fadas podemos perder de vez a alegria.

“Em um reino não muito distante”, mistura este assunto muito sério: a essência da magia do faz de conta, com elementos cênicos que mexerão com a imaginação das crianças, mesclando circo, teatro e dança e reflexões de como uma criança pode buscar ajuda quando se encontra em situações de perigo.