Correio dos Campos

Jaguariaíva recebe apoio da SEDEST, através do IAT, para projeto de ordenação do Parque Estadual Vale do Codó

5 de Maio de 2021 às 15:44
(Foto: Divulgação/PMJ)

COM ASSESSORIAS – Com a implantação de uma pasta dedicada ao fomento do Turismo, aliado à preservação do Meio Ambiente, mesmo em meio ao combate à pandemia, a administração municipal de Jaguariaíva não cessa os esforços para a estruturação do turismo em Jaguariaíva.

Na última semana, a secretária municipal do Turismo e Meio Ambiente, Sandra Negrini e o diretor de Meio Ambiente, Leonardo Von Linsingen, acompanharam a visita técnica da equipe do Instituto Água e Terra (IAT), representada pelo diretor de Patrimônio Natural, Rafael Andreguetto, e a Gerente de Áreas Protegidas, Letícia Salomão.

Com o objetivo de realizar vistoria e análise das necessidades da composição do futuro Plano de Manejo do Parque Estadual do Vale do Codó, a equipe do IAT visitou dois parques estaduais no município, Vale do Codó eCerrado, que já possui regulamentação e uma estrutura organizada para visitação.

Este é mais um passo para o trabalho de ordenação do turismo nestes espaços, promovido e pensado através de uma parceria entre o Governo do Estado do Paraná, Prefeitura Municipal e iniciativa privada, representada nesta ocasião pelo presidente do COMTUR, Carlos Ornellas.

A secretária Sandra Negrini afirma que o fato de o município estar amparado pelas políticas estaduais aumenta as possibilidades para a exploração ordenada do Turismo. “Essa parceria é de grande importância para avaliar a possibilidade de expansão das atividades turísticas que possam ser desenvolvidas no local. Atrações como rappel, tirolesa, arborismo, observação de aves e possibilidade de piscinas naturais do Rio Santo Antônio foram algumas das pautas da visita técnica com o IAT”, pontuou.

Todas as ações da Setma têm sido acompanhadas pela prefeita Alcione Lemos, cujo planejamento de governo prioriza a regulamentação do turismo no município. “Hoje temos uma equipe extremamente competente à frente da pasta de Turismo e Meio Ambiente e essa aproximação e participação dos órgãos estaduais é muito importante para desenvolvermos ferramentas que norteiem um plano de turismo eficiente, que seja assistido pelo Governo do Estado, afinal, os parques são estaduais e a responsabilidade sobre estes espaços cabe aos dois poderes”, afirmou a chefe do Executivo.