Correio dos Campos

Curso online gratuito ensina sobre empreendedorismo

10 de junho de 2020 às 15:27
(Reprodução/Internet)

IMPRENSA/Castro – Jovens de 17 a 29 anos podem se inscrever para capacitação online gratuita em empreendedorismo para aprender sobre abertura e manutenção de negócios com baixo investimento em meio à crise causada pelo coronavírus.

O curso é oferecido pelo programa “Juventude Empreendedora” do governo do Paraná, por meio da Secretaria Estadual da Justiça, Família e Trabalho em parceria com as prefeituras e acontecerá no período de 15 a 19 de junho. As inscrições devem ser feitas pelo endereço www.juventudeempreendedora.com

O Juventude Empreendedora acontecerá com aulas ao vivo, e é uma idealização do Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), realizado pelo Conselho Nacional da Juventude do Brasil e Agência Besouro de Fomento Social, com a co-realização dos Conselhos Nacionais de Juventude de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Portugal e Timor-Leste – países dos quais os jovens poderão se inscrever.

A secretária municipal da Família e Desenvolvimento Social, Ana Carolina Barros, destaca que o curso é uma oportunidade para os jovens aprenderem sobre negócios. “É importante, porque futuramente pode abrir possibilidade de trabalho por conta própria para esses jovens, além de acumular conhecimento para a vida profissional”, disse.

Projeto

O “Juventude Empreendedora” já havia sido implantado de forma presencial em 2019 e busca apontar novas perspectivas, construir caminhos e transformar os sonhos da juventude em realidade a partir do empreendedorismo. A metodologia utilizada nas aulas é a By Necessity, exclusiva da Agência Besouro, que ensina a transformar uma ideia em negócio que gera renda, com baixo custo e organizado em 11 etapas que abordam finanças, comunicação online e off-line, gestão de pessoas, entre outros. O método já foi empregado em 12 países, com mais de 12 mil alunos capacitados, quatro mil negócios abertos anualmente, 100 mil pessoas impactadas indiretamente e renda acumulada acima de R$ 120 milhões.

O programa poderá ser acessado de maneira gratuita por jovens de todos os Estados do país e do Distrito Federal.