Correio dos Campos

Gincana antitabagismo acontece dia 31 no Ginásio da Batavo

27 de Maio de 2017 às 19:45

A secretaria municipal de saúde de Carambeí, através do departamento de odontologia, promoverá mais uma edição da Gincana Antitabagismo para alunos das escolas municipais. O evento acontecerá no próximo dia 31 de maio, no Ginásio Esportivo da Batavo.

O objetivo da ação será de ensinar as crianças que “Fumar: faz mal para todos e faz mal para o planeta também”. A gincana vai ajudar a esclarecer sobre os males do tabaco para a saúde e para o meio ambiente.

Técnicos da saúde já estão organizando as atividades que vão levar o conhecimento para fora da sala de aula, mostrando que basta manter um cigarro aceso para poluir o ambiente.

Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), a fumaça do cigarro contém mais de 4.700 substâncias tóxicas, incluindo arsênico, amônia, monóxido de carbono, além de substâncias cancerígenas, corantes e agrotóxicos em altas concentrações. O cigarro pode causar diferentes tipos de câncer, doenças cardiovasculares, doenças respiratórias, impotência sexual no homem, infertilidade na mulher, osteoporose e catarata e outros 50 tipos diferentes de doenças.

Vale destacar que, o ciclo de produção do cigarro, envolve outros fatores de risco à saúde e ao meio-ambiente, tendo em vista o uso de agrotóxicos, desmatamento, incêndios, resíduos urbanos e marinhos. Nos países em desenvolvimento, o desmatamento originado pelo plantio e secagem das folhas de tabaco corresponde a 5% do total desmatado. Para cada 300 cigarros produzidos, uma árvore é derrubada. O fumante de um maço de cigarros por dia consome duas árvores em um mês. O desmatamento está associado ainda a surtos de doenças infecciosas e a erosão e destruição do solo.